Novo Código Penal Descriminaliza Cópias, mas Aumenta Pena para Sites como o Livro de Humanas

Leitor Ebooks, Notícias 7 Comments

Os mais de 6,5 milhões de universitários e pós-graduandos do Brasil poderão efetuar fotocópias dos livros com menos peso na consciência. A comissão de juristas responsável pela elaboração do novo Código Penal, aprovou proposta prevendo a inocência para quem fizer cópias de livros ou CDs para uso pessoal, sem fins lucrativos. Porém, o anteprojeto ainda precisa ser aprovado pela Câmara e pelo Senado.

Atualmente o infrator pode pegar entre dois meses e um ano de prisão por violação de direito autoral. Pelo novo texto,

“Não há crime quando se tratar de cópia integral de obra intelectual ou fonograma ou videofonograma, [leia mais]

SimplíssimoNovo Código Penal Descriminaliza Cópias, mas Aumenta Pena para Sites como o Livro de Humanas

Pirataria em números: o que revela uma análise de 100 obras do site Livros de Humanas

Eduardo Melo - Simplíssimo Autores, Ebooks, Notícias 37 Comments

Uma discussão baseada quase exclusivamente em opiniões, não em dados, tem sido a tônica do debate entre defensores e críticos da pirataria, após o fechamento do site Livros de Humanas. Para tentar mudar o cenário, o Revolução Ebook analisou uma amostragem de 100 livros oferecidos pelo [leia mais]

SimplíssimoPirataria em números: o que revela uma análise de 100 obras do site Livros de Humanas
Opostos que não se escutam

“É tudo mais complexo do que a gritaria da ABDR faz parecer”, diz Thiago, do Livros de Humanas

Eduardo Melo - Simplíssimo Autores, Ebooks, Notícias 1 Comment

A jornalista da Folha de SP Josélia Aguiar publicou entrevista (por email) feita com o moderador do site Livros de Humanas. Entre outras coisas, Thiago, moderador do site, enxerga uma imensa “perda de credibilidade” das editoras perante o público que consome livros, acredita que não desrespeita nenhuma legislação [leia mais]

Simplíssimo“É tudo mais complexo do que a gritaria da ABDR faz parecer”, diz Thiago, do Livros de Humanas

Primeiras Repercussões do Fechamento do Site Livros de Humanas

Eduardo Melo - Simplíssimo Autores, Ebooks, Notícias 10 Comments

Para entender o caso, veja o texto “Pirataria Sofre Novo Golpe: 3 Sites Fechados Após Ações da ABDR“. O site Opinião e Notícia expõe a posição dos estudantes e pesquisadores – comentários após a citação:

[leia mais]

SimplíssimoPrimeiras Repercussões do Fechamento do Site Livros de Humanas
DRM

IDPF Pede Ideias Para um DRM Mais Leve

da Redação Ebooks, Notícias 2 Comments

O DRM e a proteção dos eBooks são um dos principais (se não os mais importantes) entraves para a popularização dos livros digitais. A solução usada atualmente está longe de levar esse adjetivo, e as propostas alternativas ainda não agradaram aqueles que precisam proteger seu conteúdo [leia mais]

SimplíssimoIDPF Pede Ideias Para um DRM Mais Leve

Pirataria é o Capeta. Compartilhamento é o quê?

Eduardo Melo - Simplíssimo Ebooks, Notícias 1 Comment

Pirataria a gente reconhece num instante, para quem vive de livros, é o próprio Capeta. Compartilhamento é algo mais complexo. Parece pirataria,  provoca calafrios, mas estudando bem de perto se vê que é algo diferente. O legítimo patinho feio da história.

Saiu hoje no Publishing Perspectives um [leia mais]

SimplíssimoPirataria é o Capeta. Compartilhamento é o quê?

[Atualizado] Piratas Financiam Cópias iIlegais Com Doações de Leitores

Eduardo Melo - Simplíssimo Autores, Ebooks 6 Comments

Publicamos recentemente uma lista dos eBooks mais pirateados no mundo, que me fez pensar: quais seriam os livros mais pirateados no Brasil? A nossa editora, Stella Dauer, abraçou a missão de descobrir. Ela entrou em contato com os sites [leia mais]

Simplíssimo[Atualizado] Piratas Financiam Cópias iIlegais Com Doações de Leitores
Leitura digital mais social

Leitura Digital se Tornou Mais Social em 2011

da Redação Ebooks, Notícias Deixe um comentário

O colunista do site ReadWriteWeb Richard MacManus escreve todo ano a respeito de como a leitura digital mudou. No artigo desse ano, MacManus afirma que a forma de leitura nas telas e pela internet se tornou muito mais social.

De acordo com [leia mais]

SimplíssimoLeitura Digital se Tornou Mais Social em 2011