iBooks agora suporta eBooks em japonês

Redação Ebooks Deixe um comentário

A rica produção literária japonesa estava alijada da iBooks – aplicativo da Apple para leitura em iPhones e iPads – até agora. A versão 3.1 do app permite os caracteres kanji, e títulos de vários gêneros literários escritos no japão, como ficção, novelas e (especialmente) mangá.

[leia mais]

SimplíssimoiBooks agora suporta eBooks em japonês

Kobo vende 100 mil eReaders no Japão, mas enfrenta críticas

Daniel Pavani Ebooks, Notícias Deixe um comentário

A gigante do ecommerce japonês Rakuten mais de 100 mil eReaders Kobo no país, porém, mesmo com números tão altos, parece que o resultado não foi de todo positivo. Isto porque fortes críticas foram feitas aos equipamentos e à interface de comunicação com os computadores.

De acordo com o jornal Japan Times, os usuários que compraram os leitores de eBooks reclamam de muitos problemas com o software dos dispositivos, como na configuração com o PC e no acesso a suas contas. Outro problema é que os 30 mil títulos prometidos pela Rakuten antes do lançamento não foram cumpridos e [leia mais]

SimplíssimoKobo vende 100 mil eReaders no Japão, mas enfrenta críticas

Digitalização de livros pessoais é tendência controversa

Daniel Pavani Ebooks, Notícias Deixe um comentário

A reprodução de livros é algo proibido em praticamente todos os países do mundo – salvo algum esquecimento de minha parte. Porém, a digitalização de livros pessoais, já é algo bastante controverso. Há quem diga que se o livro é seu, [leia mais]

SimplíssimoDigitalização de livros pessoais é tendência controversa
Kobo Touch

Kobo licencia tecnologia para adotar leitura em EPUB 3

Daniel Pavani Ebooks Deixe um comentário

A Kobo firmou um acordo com a ACCESS para a utilização de seu novo software, o NetFront BookReader v1.0 EPUB Edition como engine de leitura de livros digitais. Além do suporte ao EPUB 2.0.1, o novo software da ACCESS traz também a possibilidade ler livros no formato EPUB 3 – e esta é a principal vantagem do acordo.

O EPUB 3 dará ao Kobo Touch a capacidade de exibir caracteres do idioma japonês, além de arte de páginas mais complexas. Este ponto é de extrema importância tanto para a Kobo quanto para o mercado japonês, já que o dispositivo de leitura chega [leia mais]

SimplíssimoKobo licencia tecnologia para adotar leitura em EPUB 3

Amazon Fecha Acordo com 40 Editoras Japonesas

da Redação Ebooks, Notícias Deixe um comentário

No Japão, as coisas vivem empacadas quando o assunto é a Amazon. A empresa de Jeff Bezos até se estabeleceu por lá, mas não conseguiu levar o Kindle e a Kindle Store devido a uma séria de fatores.

Agora, parece que as coisas estão acontecendo. O site The Asahi Shimbum informa que a Amazon conseguiu fechar acordo de distribuição de livros digitais com mais de 40 editoras do Japão. Os principais acordados são a Gakken Holdings Co., uma grande editora, e as médias Shufunotomo Co. e PHP Inc. Outras 40 pequenas editoras fecharam contrato.

A Amazon vem negociando com editoras japonesas desde o ano passado. Mas as editoras japonesas levantaram objeções [leia mais]

SimplíssimoAmazon Fecha Acordo com 40 Editoras Japonesas

Japoneses Jogam Livros Fora Para Ganhar Espaço

da Redação Ebooks, Notícias 2 Comments

É uma notícia triste, mesmo em um site sobre livros digitais. Porém, é uma constatação da realidade. O Japão é um dos países mais evoluídos tecnologicamente falando. São poucas as coisas que não são digitais, que não funcionam sozinhas e que não ocupem pouco espaço.

Espaço é um problema no Japão. Um país pequeno com população grande e saudável, que se acostuma cada vez mais a morar em casas cada vez menores. E quando você precisa escolher entre espaço para suas roupas ou alimentos ante a livros, o que é preterido. Assim, infelizmente os livros ocupam muito espaço e estão [leia mais]

SimplíssimoJaponeses Jogam Livros Fora Para Ganhar Espaço
Kobo

Rakuten Finaliza a Compra da Kobo

da Redação Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Em novembro, noticiamos que a grande empresa de eCommerce japonesa Rakuten havia comprado a Kobo, vendedora canadense de eBooks e de eletrônicos de leitura, por US$315 milhões. Agora, um release oficial informou que a compra e a negociação foram concluídas, tornando a Kobo oficialmente uma empresa da Rakuten.

Tudo continuará como era antes, com a sede da empresa em Toronto e a mesma equipe de gerenciamento. De acordo com um comunicado de imprensa emitido pela Kobo, o novo proprietário vai ajudar a empresa a crescer o seu negócio. “A aquisição pela Rakuten, uma [leia mais]

SimplíssimoRakuten Finaliza a Compra da Kobo
Console Nintendo Wii U

Console da Nintendo Poderá Funcionar Como eReader

da Redação Ebooks, Notícias 2 Comments

Uma mostra de que um mercado está se estabilizando e se fortalecendo é quando empresas que não estão ligadas ao ramo começam a se mexer para participar dele. Além de a Apple dar a entender que pode lançar sua própria plataforma de auto-publicação [leia mais]

SimplíssimoConsole da Nintendo Poderá Funcionar Como eReader

Nada de Kindle no Japão

da Redação Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Após mais de um ano de tentativas de negociação e muitos rumores, editoras japonesas e a Amazon não se acertaram, e a Kindle Store não deve aportar no país. O motivo teria sido o modelo de negócios apresentado pela varejista, que já é conhecido por todos: controle de preços nos eBooks.

Além disso, de acordo com o site The Digital Reader, “Eles temiam que os preços baratos dos eBooks poderiam minar as vendas de livros de papel e prejudicar o mercado como um todo. ‘Se essa abordagem é implementada no Japão, os preços dos livros de papel poderiam falhar, provocando [leia mais]

SimplíssimoNada de Kindle no Japão

Pesquisa Mostra que Japoneses Não Estão Aderindo aos eBooks

da Redação Ebooks, Notícias 2 Comments

Em um dos países mais tecnológicos do mundo, a população não está interessada em livros digitais. Foi isso que mostrou a pesquisa publicada pelo Net Mile. Eles entrevistaram 400 chineses e 600 japoneses, e ao perguntar para esses últimos “Você usa ou pretende usar eBooks” a resposta de 57.5% foi de que nunca tinham lido um livro digital. Entre os chineses, a porcentagem dessa mesma resposta foi de apenas 4.5%.

Enquanto 70% dos chineses entrevistados afirmaram já ter baixado e lido um eBook, apenas 10% dos japoneses já fizeram isso. E 90% dos chineses disseram querer ler um livro digital [leia mais]

SimplíssimoPesquisa Mostra que Japoneses Não Estão Aderindo aos eBooks
rakuten

Rakuten é a Amazon do Japão, diz CEO da Kobo

da Redação Ebooks, Notícias 2 Comments

Após o anúncio da compra da Kobo pela Rakuten, ficou a pergunta no ar: quem é Rakuten? Tanto para o público americano quanto para o brasileiro, ficou a dúvida de qual seria a atuação dessa empresa.

Michael Serbinis, CEO da Kobo, descreveu a empresa como “Amazon do Japão”. Entre suas marcas estão as americanas Buy.com e Play.com, a alemã Tradoria e a francesa PriceMinister. Fundada em 1997 como um shopping online, vendem praticamente tudo o que pode ser imaginado, e por isso é conhecido como “O shopping virtual nº1 do Japão”.

Em uma entrevista ao site Digital Book World, Serbinis [leia mais]

SimplíssimoRakuten é a Amazon do Japão, diz CEO da Kobo

Japão Deve Adotar o ePub 3

da Redação Ebooks, Notícias Deixe um comentário

O Japão, um dos maiores mercados de tecnologia do mundo, ainda não é um dos países que mais adota o livro digital. Lá, os eBooks não são tão populares como deveriam ser, e isso tem uma história. A terra do sol nascente adotava um ambiente isolado de publicação, utilizando um formato proprietário para seus livros digitais.

A Sharp, na tentativa de manter esse mercado isolado, saiu com uma linha de eReaders coloridos de nome Galapagos, que adotava o formato XMDF, utilizado apenas no Japão. O motivo não é totalmente egoísta: esse formato suportava os caracteres japoneses para leitura, coisa [leia mais]

SimplíssimoJapão Deve Adotar o ePub 3
Kobo

Rakuten Adquire Kobo por US$315 Milhões

da Redação Notícias 2 Comments

Eu bem que disse que a Kobo é a bola da vez. Em um anúncio feito pela madrugada (no horário brasileiro) a empresa anunciou sua compra pela Rakuten, empresa de eCommerce japonesa que é a terceira maior do mundo em lucros. O negócio, de acordo com o site eBookNewser, custou US$315 milhões em dinheiro.

Ainda não dá para saber com precisão se essa é uma boa ou má notícia, mas tudo indica que isso faz parte da estratégia da Kobo em se lançar para o mercado internacional. O mercado japonês de livros e conteúdo digital já é relativamente [leia mais]

SimplíssimoRakuten Adquire Kobo por US$315 Milhões