Grupo das Big Six vira Big Five

Eber Freitas Ebooks, Mercado 1 Comment

As editoras Penguin Books e Random House, controladas respectivamente pelos grupos Pearson e Bertelsmann, são oficialmente uma só a partir desta segunda-feira (1). A operação foi anunciada em outubro do ano passado, e estava sob análise dos principais órgãos antitruste do mundo – Estados Unidos, Europa, China, Canadá, África do Sul, Austrália e Nova Zelândia.

A união das duas companhias, cada uma por si só uma gigante das Big Six, forma um colosso da indústria editorial: nada menos do que a maior editora do mundo, com uma previsão de receita anual da ordem de 3,9 bilhões. Segundo comunicado da Penguin [leia mais]

SimplíssimoGrupo das Big Six vira Big Five

Ebooks respondem por 17% da receita da Penguin em 2012

da Redação Mercado, Notícias Deixe um comentário

Quando um plano de negócios é bem feito, não tem erro: bons resultados virão. Essa mesma sentença vale para os eBooks. Na Cultura, por exemplo, 3% dos livros vendidos são digitais, número alcançado após a parceria com a Kobo. Já na Penguin, uma das maiores editoras do mundo, 17% da receita global é oriunda da venda de livros digitais, resultado expressivo contra os 12% de 2011.

Os dados foram divulgados pelo Grupo Pearson em um relatório com resultados financeiros preliminares de 2012. A receita global do conglomerado – que, além da Penguin, inclui o jornal Financial Times e [leia mais]

SimplíssimoEbooks respondem por 17% da receita da Penguin em 2012

Na Índia, Penguin começa a vender eBooks e espera crescimento de 15% em 3 anos

Daniel Pavani Ebooks, Notícias Deixe um comentário

A Penguin Books India começou a vender os primeiros títulos de eBooks no país. Inicialmente, 240 livros já foram publicados no formato digital e até o final do ano a editora espera publicar mais 800, incluindo todos os livros de 2012.

Ananth Padmanabhan, vice-presidente da editora no país, afirmou ao jornal The Hindu que a estratégia é a mais clara possível: “se adaptar ao mercado de publicações digitais”.

Por mais que este seja um passo que pode ser considerado até mesmo natural, o interessante mesmo são as expectativas da empresa, que acredita que já em 2013 todo livro [leia mais]

SimplíssimoNa Índia, Penguin começa a vender eBooks e espera crescimento de 15% em 3 anos