Paródia logotipo Amazon

Penguin e Macmillan Também Culpam Amazon

da Redação Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Após a notícia de que a Apple entregou ao Departamento de Justiça dos Estados Unidos um relatório com dezenas de páginas alinhavando sua defesa e culpando a Amazon por ser a verdadeira monopolizadora do mercado, as outras duas editoras envolvidas no processo resolveram seguir pelo mesmo caminho.

Hoje, tanto a Penguin como a Macmillan entregaram seus relatórios de defesa, com dezenas de páginas, onde também acusam a Amazon de ser a grande vilã do mercado editorial digital. Em seu relatório, a Penguin acusa a empresa de Jeff Bezos de “predatória” e “monopolizadora”, afirmando que o comportamento anti-competitivo dela está envenenando [leia mais]

SimplíssimoPenguin e Macmillan Também Culpam Amazon

“A Amazon é a Vilã”, Diz a Apple

da Redação Notícias 1 Comment

Enquanto três das cinco editoras processadas pelo governo norte-americano já fecharam acordos quanto ao caso do preço fixo, Penguin e Macmillan preparam sua defesa para o tribunal. E a Apple tenta de todas as maneiras provar que tudo não passa de um engano.

A bola da vez é um relatório de 31 páginas a respeito dos procedimentos utilizados pelo Departamento de Justiça dos EUA. O relatório da Apple é sobre o que podemos esperar da corporação – insiste que a Amazon é a monopolista, que a Apple negociou os acordos com as editoras separada e individualmente, e que, além disso, [leia mais]

Simplíssimo“A Amazon é a Vilã”, Diz a Apple

Governo Americano Processa Apple e Editoras

da Redação Ebooks, Notícias Deixe um comentário

O site da Bloomberg anunciou hoje que os Estados Unidos abriram processo contra a Apple, Hachette SA, HarperCollins, Macmillan, Penguin e Simon & Schuster no tribunal distrital de Nova York, alegando que os editores conspiraram para fixar preços de eBook.

Entenda aqui o modelo da agência.

Antes em investigação pelo departamento de justiça, agora o processo está aberto e as empresas envolvidas devem preparar suas defesas. Simon & Schuster, Hachette e HarperCollins aceitaram os termos, a Penguin está se preparando, enquanto Apple e Macmillan se recusaram a se envolver nas negociações de acordo com o Departamento de Justiça, [leia mais]

SimplíssimoGoverno Americano Processa Apple e Editoras

A Cilada do Preço de Agência

da Redação Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Nos Estados Unidos e na Europa acontecem nesse momento investigações do governo contra a Apple e outras cinco das Big Six. Por enquanto, nada foi decidido, e isso se deve ao beco sem saída em que se encontram os responsáveis pelo caso.

Saiba aqui o que é e como funciona o preço de agência.

Essa semana, a Federação dos Consumidores da América enviou uma carta ao subcomitê antitruste do Comitê Judiciário do Senado norte-americano, informando que a adoção do preço fixo pode custar US$200 milhões [leia mais]

SimplíssimoA Cilada do Preço de Agência

Matéria Especial: Entenda o Modelo de Agência e o Problema do Antitruste

da Redação Ebooks, Notícias Deixe um comentário

O assunto começou em 2010, quando a Apple lançou o iPad e, vendo que a Amazon estava ganhando de longe no mercado de livros digitais, teve uma ideia para concorrer com a gigante do eCommerce. Segundo dizem as investigações, a Apple acordou com cinco grandes editoras – Simon & Schuster, Hachette Book Group, Penguin Group, Macmillan e a HarperCollins – o que hoje é chamado de “Preço de agência”.

Normalmente, no mercado editorial, uma editora vende seus livros a uma livraria por aproximadamente metade do preço de capa, permitindo assim que a loja dê descontos nos títulos para chamar a [leia mais]

SimplíssimoMatéria Especial: Entenda o Modelo de Agência e o Problema do Antitruste

Holanda não Terá Preços Fixos Para Seus eBooks

da Redação Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Halbe Zijlstra, secretário do Departamento de Cultura da Holanda, informou ontem que o país não terá um preço fixo para seus livros digitais. Essa informação é importante porque, assim como a maioria da Europa, os livros impressos possuem preços fixos para garantir uma ampla disponibilidade de títulos de livros.

Porém, após um estudo realizado pelo ex-ministro Ronald Plasterk, ficou claro que o preço variável dos eBooks poderia fazer com que esse meio se transforme em uma alternativa séria para o livro físico. O estudo também mostrou que o mercado eBooks na Holanda representa menos de 1% do total, mas é [leia mais]

SimplíssimoHolanda não Terá Preços Fixos Para Seus eBooks