Esqueça Receitas Diretas Sobre a Venda de eBooks… 1/10 – artigo

Colaboração do leitor Artigos, Ebooks, epub, ereader, livro eletrônico, Tecnologia Deixe um comentário

Revolucaoebook.com.br

Bom… Conseguimos sua atenção :) A idéia era essa.

O tema que vamos tratar nessa postagem é tão, tão, mas tão relevante que precisamos pintar o título deste artigo com “cores muito fortes” para atrair sua atenção, nobre entusiasta das publicações digitais. Mas creia, temos bons motivos pra isso.

Aliás, não será em um único artigo que conseguiremos expor todo o raciocínio. Serão necessários pelo menos mais nove artigos para conseguirmos expor com algum aprofundamento e respaldo os “porquês” de estarmos abordando o tema com ares tão apocalípticos. Portanto, com esse primeiro “post”, temos a intenção salutar de apenas fazer uma introdução ao tema. Manias de editor: tudo tem que ter índice :)

Como muitos já perceberam, sempre que possível preferimos não usar a palavra “eBook” e sim o axioma “editorial digital” assim como outros apócrifos correlatos.

Há bons motivos para isso. Se analisarmos apenas a quantidade de “posts” polêmicos que tratam sobre o que é (e o que não é) o “livro digital” aqui no Revolução E-Book, já encontraremos motivos suficientes para questionarmos o termo. Será literatura sem papel? Será software multi-plataforma? Será o Super-homem? Nãoooo… É o eBook :)

Fanfarronices a parte, por mais instigante que seja o tema, não é isto que vamos comentar hoje. É algo infinitamente mais sério: Como monetizar uma operação (se é possível) com a venda de eBooks.

Notem que falamos “monetizar” e não “vender”. Vender nos parece ser mais fácil: basta baixar o preço abaixo da percepção de valor do mercado onde está inserido o produto, que se “vende” mais. Agora, monetizar, ganhar efetivamente dinheiro, já é outro papo.

E olha nós pintando o quadro novamente com “cores fortes”:

CRIAR EXPECTATIVAS DE VOLUMES RAZOÁVEIS NAS RECEITAS, A MÉDIO » Continue lendo.

Esqueça Receitas Diretas Sobre a Venda de eBooks… 1/10

SimplíssimoEsqueça Receitas Diretas Sobre a Venda de eBooks… 1/10 – artigo
Folhetos Livraria Cultura

Como Vender eBooks em Uma Livraria?

da Redação Ebooks, editora, epub, livro eletrônico 8 Comments

Boas ideias sempre merecem ser citadas, ainda mais em tempos de furacão. Enquanto muitas editoras, autores e livrarias se arrancam os cabelos pensando em todos os problemas que o mercado digital e os ebooks estão trazendo, tem gente que está se mexendo a trazendo soluções.

[leia mais]

SimplíssimoComo Vender eBooks em Uma Livraria?
Humor

Quem Comeu Meu eBook!

Ari Pereira Artigos, Autores, Ebooks, editora, epub, livro eletrônico 1 Comment

Em nossa avaliação, o principal motivo pelo qual as editoras não lançam e promovem mais seus títulos em eBook é paradoxalmente o motivo financeiro.

Humor

Nos dois últimos anos houveram consideráveis, sinceros e elogiáveis movimentos das Editoras no sentido de compreender o potencial do formato e com investimentos efetivos nessa direção. Porém, assim que constataram as duras e inconvenientes realidades desse novo mercado, puxaram o freio de mão completamente, passando a não mais advogar o formato.

Porque isso aconteceu?
Perceberam que irão ganhar menos. Simples assim.

Historicamente no Brasil nunca [leia mais]

SimplíssimoQuem Comeu Meu eBook!

Vendas de e-books aumentam 127% em abril

Eduardo Notícias Deixe um comentário

Comparado ao mesmo período do ano passado, as vendas de e-books no mês de abril avançaram 127%, de acordo com dados da American Association of Publisher. Os dados são relativos às vendas nos Estados Unidos. O mercado americano ainda registra uma participação dos e-books de apenas 3% do mercado de livros – para 2012, a previsão é que essa fatia seja de 25%. Mais detalhes aqui (via Mediabistro).

SimplíssimoVendas de e-books aumentam 127% em abril

Vendas de e-books aumentam 127% em abril – artigo

Colaboração do leitor Notícias Deixe um comentário

Comparado ao mesmo período do ano passado, as vendas de e-books no mês de abril avançaram 127%, de acordo com dados da American Association of Publisher. Os dados são relativos às vendas nos Estados Unidos. O mercado americano ainda registra uma participação dos e-books de apenas 3% do mercado de livros – para 2012, a previsão é que essa fatia seja de 25%. Mais detalhes aqui (via Mediabistro).

SimplíssimoVendas de e-books aumentam 127% em abril – artigo