The Guardian: Tablet da Amazon Compete com Apple Melhor que o Google

09/09/2011
 / 
por Eduardo Melo
 / 

A Amazon tem centenas de milhões de cartões de crédito cadastrados para fazer compras de forma fácil e rápida, o que pode fazer do seu aguardado Kindle Tablet o primeiro rival concreto do iPad. O Google, mesmo investindo no Android e na compra da divisão de smartphones da Motorola, (ainda) não tem esse tipo de poderio. Para o articulista Charles Arthur do jornal inglês The Guardian, essa é a principal vantagem na Amazon ao entrar numa competição direta com a Apple.

É preciso considerar, porém, que a Amazon irá usar no seu tablet uma versão radicalmente adaptada do sistema operacional Android – e nós ainda não sabemos se isso será um ponto positivo, ou negativo do Kindle Tablet. Além disso, a Amazon montou uma loja própria de aplicativos Android – não irá usar a loja aberta do Google – o que deixa os não-muito-numerosos desenvolvedores para Android insatisfeitos.

Vale a pena ler a análise completa do jornalista, aqui: Why Amazon’s tablet will challenge Apple in a way that Google cannot | Technology | guardian.co.uk.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

09/09/2011
 / 
por Eduardo Melo
 / 

A Amazon tem centenas de milhões de cartões de crédito cadastrados para fazer compras de forma fácil e rápida, o que pode fazer do seu aguardado Kindle Tablet o primeiro rival concreto do iPad. O Google, mesmo investindo no Android e na compra da divisão de smartphones da Motorola, (ainda) não tem esse tipo de poderio. Para o articulista Charles Arthur do jornal inglês The Guardian, essa é a principal vantagem na Amazon ao entrar numa competição direta com a Apple.

É preciso considerar, porém, que a Amazon irá usar no seu tablet uma versão radicalmente adaptada do sistema operacional Android – e nós ainda não sabemos se isso será um ponto positivo, ou negativo do Kindle Tablet. Além disso, a Amazon montou uma loja própria de aplicativos Android – não irá usar a loja aberta do Google – o que deixa os não-muito-numerosos desenvolvedores para Android insatisfeitos.

Vale a pena ler a análise completa do jornalista, aqui: Why Amazon’s tablet will challenge Apple in a way that Google cannot | Technology | guardian.co.uk.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Esta página ainda não tem comentários. Quer comentar primeiro?

Deixe um comentário