sigil icon

Usando o Spellcheck do Sigil em Português

Hermida Ebooks 5 Comments

Pois é, gente, estou devendo um post aqui desde a inauguração do site, porém, ando tão atolado de trabalho que, infelizmente, não teve jeito.

Preparei um mini tutorial para a utilização do spellcheck em português brasileiro do nosso querido Sigil (lembrem-se de como trabalhar ePubs era caótico antes dele atingir a versão dois, infiéis!). Bem, deixando as brincadeiras de lado, é sempre importante dar o devido valor a um software que, além de único no que faz, é distribuído gratuitamente, com código aberto, e compatível com as principais plataformas.Portanto, se ele já salvou sua vida, pondere sobre uma doação ao programador, ele (o Sigil) quase deixou de ser mantido poucos meses atrás…

Agora sim, vamos ao que interessa: a principal novidade dessa versão é a checagem ortográfica, e para usufruirmos da mesma não há grande dificuldade, uma vez que os dicionários utilizados são os mesmos do openlibreoffice (também abertos e gratuitos) 😉

O procedimento de instalação do dicionário não é nada complicado, basta ir à página do VERO, fazer o download do dicionário e corretor de hifenização de sua língua preferida e descompactar os arquivos .dic e .aff dentro da pasta certa. Todavia, para facilitar a vida de todo mundo, já fiz um zip com os arquivos necessários (português brasileiro/NAOLP) para o post.

No Windows:

1. Abra o Sigil e vá em “Edit>Preferences>Spell Check” como na imagem abaixo:

Clique na imagem para ampliar

2. Faça download deste arquivo que preparei com os dicionários: http://db.tt/nvop216G

3. Clique no botão “Open user dictionary location” (ele vai abrir a pasta de dicionários, basta arrastar o conteúdo do zip para dentro dela:

4. Feche o Sigil e abra-o novamente. Siga outra vez por “Edit>Preferences>Spell Check e, como indicado na imagem, selecione Pt-Br:

5. Abra um arquivo e passe os olhos na visão de código em busca de linhas vermelhas (excelente para hífens furtivos ou fugitivos):

Viram? Não doeu nada… creio que a instalação no MacOS não seja muito diferente. Para os que, como eu, preferem o pinguim, basta copiar o os arquivos para /opt/sigil/dictionaries. (Nota da editora: Sim, no Mac o funcionamento é o mesmo. Testado e aprovado.)

Dicionários e corretores ortográficos (Hunspell) de inúmeras línguas podem ser encontrados no site de dicionários do LibreOffice, todos gratuitos, abertos e sempre atualizados.

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Nossos números são difíceis de bater: desde 2010, a Simplíssimo comercializou mais de 1 milhão de exemplares e publicou mais de 1.000 ebooks e livros impressos. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoUsando o Spellcheck do Sigil em Português

Comments 5

  1. Mais uma espetacular contribuição para a expansão dos e-Books. Que Deus continue iluminando tua mente ágil e fraterna, para que mais destas pérolas cheguem até nós. Abraço e obrigado!

  2. Cara, eu fiz o que tu disse e eu continuo tendo que mudar palavra por palavra que contenha o caractere! Pra um livro de mas de 400 páginas isso é absurdo! O que estou fazendo de errado? Não tem como o spellchecker corrigir tudo meio que automático?

  3. Idem, também segui as instruções como foi dito, mas não rolou. É simples demais 'quando dá certo' com alguém; mas quando apanhamos, tudo é complicado. Dá uma forcinha "pra nóis" ô Hermida!

  4. o dicionário não funcionou no mac, aparece cheio de caracteres estranhos, tem alguma forma de eliminar esses caracteres?

  5. Bom saber como mudar, valeu mesmo. Mas, para quem usa o Sigil no WIndows, a codificação do dicionário está dando erro. Você usou UTF8 né? Acho que no WIndows precisa ser ASCII.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *