Usuários da Amazon e a transferência de conta

Eduardo Melo (Simplíssimo) Ebooks, Notícias 8 Comments

O Estadão e a Folha de SP esclarecem a dúvida que encucou alguns usuários da Amazon, que começaram a fazer compras no site brasileiro da Amazon, a respeito da transferência da conta de usuário para a loja brasileira.

Segundo a Folha, será possível usar a conta americana para fazer compras na Amazon brasileira, mas “o usuário terá que optar entre uma versão ou outra do site. Segundo a Amazon, a mudança é reversível –o usuário que migrar para o site brasileiro poderá voltar para o americano.”

Um detalhe importante, levantado pelo Estadão, é que com esta transferência,

fora os livros e aplicativos – que serão mantidos –, o usuário perderá tudo. Por tudo, entenda assinaturas de publicações diárias e periódicos, visualização de filmes adquiridos e acesso ao Amazon Cloud Player e a sua biblioteca de músicas.

Sobre assinaturas de jornais e revistas, o site [Amazon] explica: “assinaturas atualmente ativas serão canceladas se a conta for transferida para outro país. Um reembolso proporcional será feito caso haja ainda edições pendentes já pagas. Uma vez que as assinaturas forem canceladas, você não poderá mais ser capaz de acessar conteúdo já visto. A disponibilidade de assinatura de periódicos varia conforme o mercado.”,

Se você tem conteúdos que poderão ser perdidos ou cancelados, com a transferência de contas, e são importantas para você, considere bem a questão.

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Nossos números são difíceis de bater: desde 2010, a Simplíssimo comercializou mais de 1 milhão de exemplares e publicou mais de 1.000 ebooks e livros impressos. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoUsuários da Amazon e a transferência de conta

Comments 8

  1. Eu liguei ontem pro suporte e me disseram que os livros que estavam disponíveis pra gente na conta americana vão continuar a estar disponíveis pra compra na brasileira (com alguns que só se acha na brasileira.

  2. Pingback: Rato de Biblioteca » Blog Archive » E-books e readers no Brasil: o que há de novo

  3. So gostaria de saber do que seria necessario para voltar a conta para a amazon americana. Seria necessario um endereco em territorio estadunidense, ou mesmo um cartao de credito emitido la? alguem sabe?

    1. Nada disso, na hora de mudar eu vi que é só selecionar novamente a opção amazon.com. E não, tu não vais querer voltar pra amazon.com (pra comprar livros do kindle, fique bem claro). Os preços são equivalentes e em muitos casos mais baixos, sem contar que não há incomodações e passos extras pra comprar (carregar cartão pré-pago com dólares, ficar torcendo pro dólar baixar se comprar com cartão de crédito).

  4. Alguém sabe o que acontece com os audiobooks da Audible durante a transferência? A página de transferência da Amazon não tem nenhuma informação sobre isso.

  5. Definitivamente NÃO é bom negócio migrar da conta amazon internacional para a brasileira. O só fato de se perder a possibilidade de assinar periódicos (jornais e revistas) e ficar impossibilitado de acessar o conteúdo anterior (dos periódicos) já é prejudicial (não sei o que acontece com os livros da audible; não vou pagar para ver). Reparei que boa parte dos livros disponíveis na amazon.com.br estão disponíveis na amazon.com, com exceção de algumas editoras (os da Cia da Letras, por exemplo, não estão). É uma pena que seja assim. O melhor é que a amazon possa negociar com as Editoras nacionais um acordo de publicação que permita a comercialização do e-book em ambos os sites. Para ser bem sincero, não entendo o porquê da distinção (quanto ao acesso ao kindle e-book em ambos os sites).

    1. A migração não é irreversível, mas eu achei uma boa por naõ ter nada além de livros na minha conta. Pena terem removido alguns, não sabia que tinha diferença. Podes me dizer algum título?

      Sempre é possível criar outra conta na amazon.com, mas claro aí será preciso remover o DRM pra usar no Kindle, visto ser outra conta. Sempre o maldido DRM, que só serve pra incomodar, não protege nada…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *