Vendas de eReaders Crescem 108% em 2011

16/12/2011
 / 
por da Redação
 / 

Um relatório produzido pela IHS iSuppli informa que a venda de eReaders (os exclusivos para leitura) devem atingir as 27.1 milhões de unidades, representando um crescimento de 108% em relação a 2010, quando foram vendidos 13 milhões “apenas”.

Esse crescimento se deve aos fabricantes de aparelhos, que estão barateando seus preços. Empresas como a Barnes & Noble, Kobo e Amazon estão trazendo aparelhos de leitura a menos de US$100, o que o torna mais acessível à população. Mas essa alegria não deve durar muito. O estudo também informou que esse crescimento deve diminuir cada vez mais ao longo dos anos, pois considera que o mercado seja dominado pelas tablets com telas coloridas.

eBook Forecast iSuppli

Crescimento e diminuição das vendas de eReaders

“…enquanto as vendas vão continuar a aumentar durante os próximos anos, a expansão do mercado do eBook puro vai desacelerar drasticamente. O crescimento no ano que vem, por exemplo, vai reduzir em dois terços a 37% com base em embarques projetada de 37,1 milhões de unidades.” informa o estudo, que acredita que os eReaders serão utilizados para a educação, onde um aparelho com apenas uma função pode acabar sendo preferido a um tablet.

O documento também cita o leitor de tela colorida Kyobo, que acabou de ser lançado no mercado. Ele possui potencial para ganhar mercado, mas além de não ser barato (aproximadamente US$320), chega em uma época de desaceleração das compras de eReader, como foi mostrado acima.

Com informações do iSuppli e do eBookNewser.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

16/12/2011
 / 
por da Redação
 / 

Um relatório produzido pela IHS iSuppli informa que a venda de eReaders (os exclusivos para leitura) devem atingir as 27.1 milhões de unidades, representando um crescimento de 108% em relação a 2010, quando foram vendidos 13 milhões “apenas”.

Esse crescimento se deve aos fabricantes de aparelhos, que estão barateando seus preços. Empresas como a Barnes & Noble, Kobo e Amazon estão trazendo aparelhos de leitura a menos de US$100, o que o torna mais acessível à população. Mas essa alegria não deve durar muito. O estudo também informou que esse crescimento deve diminuir cada vez mais ao longo dos anos, pois considera que o mercado seja dominado pelas tablets com telas coloridas.

eBook Forecast iSuppli

Crescimento e diminuição das vendas de eReaders

“…enquanto as vendas vão continuar a aumentar durante os próximos anos, a expansão do mercado do eBook puro vai desacelerar drasticamente. O crescimento no ano que vem, por exemplo, vai reduzir em dois terços a 37% com base em embarques projetada de 37,1 milhões de unidades.” informa o estudo, que acredita que os eReaders serão utilizados para a educação, onde um aparelho com apenas uma função pode acabar sendo preferido a um tablet.

O documento também cita o leitor de tela colorida Kyobo, que acabou de ser lançado no mercado. Ele possui potencial para ganhar mercado, mas além de não ser barato (aproximadamente US$320), chega em uma época de desaceleração das compras de eReader, como foi mostrado acima.

Com informações do iSuppli e do eBookNewser.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Esta página ainda não tem comentários. Quer comentar primeiro?

Deixe um comentário