Waterstones Deve Lançar Seu Próprio eReader – artigo

Colaboração do leitor Ebooks, editora, ereader, ereaders, Tecnologia Deixe um comentário

Revolução E-book

A Waterstones, tradicional livraria britânica que possui 4.500 empregados e existe desde 1982, anunciou hoje que deverá ter seu próprio eReader. A ideia é do novo diretor James Daunt, trazido à empresa para tentar conter o declínio nas vendas, que se inspirou na Barnes & Noble e no Nook, aparelho da empresa. Segundo ele, essa livraria está conseguindo desafiar a supremacia da Amazon, e por isso ele deve seguir o mesmo caminho, noticiou o eBookNewser.

Alguns dos aparelhos vendidos pela Waterstones

Atualmente a Waterstones vende em seu site apenas eReaders de outras marcas como Sony, Elonex e Bookeen. Com os planos de um aparelho próprio, a Waterstones afirma a ideia de que, para se firmar no mercado, é necessário possuir uma boa loja de eBooks, aparelho próprio e um certo controle do mercado, assim como já vemos na Amazon, Barnes & Noble, e Apple, três empresas que possuem essas características e se dão muito bem.

Entretanto, há um erro na estratégia da Waterstones. Eles não vão desenvolver seu próprio aparelho, mas licenciar o design e o hardware de uma empresa chinesa. Tanto a B&N como a Amazon possuem seus próprios leitores, desenvolvimento interno. Além disso, eles já vendem eBooks em seu site, mas de forma muito inferior a de seus concorrentes de inspiração. O aparelho deve sair no segundo trimestre de 2012.

Waterstones Deve Lançar Seu Próprio eReader

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Sobre o autor

Colaboração do leitor

SimplíssimoWaterstones Deve Lançar Seu Próprio eReader – artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *