Trabalhos Científicos no Congresso Internacional CBL do Livro Digital

10/05/2012
 / 
por da Redação
 / 

Embora sem muita divulgação, os trabalhos científicos estiveram presentes em peso no Congresso. Foram enviados 17 trabalhos, dos quais 8 foram selecionados para apresentação.

Os assuntos eram variados, e foram desde modelos de negócios, passando por redes sociais, o papel do editor, direitos autorais e outros.

Vilson Milarchi falou sobre o panorama geral dos livros digitais na educação, enquanto Liliana Serra se aprofundou no modelo de empréstimos de eBooks em bibliotecas, um assunto abordado hoje no Congresso.

O advogado Alexandre Vieira tocou no delicado assunto dos direitos autorais, e Patrícia Basseto falou sobre a desterritorializaçāo do conhecimento, relacionando redes sociais com a leitura de eBooks.

Depois, Thais Pinheiro falou também sobre bibliotecas digitais, seguida de Danusa Oliveira, que tratou do nicho gaúcho e seu papel na publicação de eBooks.

Eu (sinto muito a propaganda) apresentei um artigo que fez um paralelo entre editores e autores independentes e os desenvolvedores independentes de jogos. Quem encerrou o dia foi Larissa Averburg, que discorreu sobre a dimensão simbólica e social do livro.

O trabalho escolhido como melhor foi o de Danusa Oliveira, com o segundo lugar ficando com Larissa Averburg. Ela irá apresentar uma versão maior do conteúdo para todo o público do Congresso amanhã, das 8:40 às 9:00.

Os assuntos abordados nos trabalhos científicos, embora de cunho acadêmico, trataram dos assuntos mais discutidos no mercado editorial digital. O concurso já está confirmado para o ano que vem, e deve trazer mais trabalhos para o Congresso.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

10/05/2012
 / 
por da Redação
 / 

Embora sem muita divulgação, os trabalhos científicos estiveram presentes em peso no Congresso. Foram enviados 17 trabalhos, dos quais 8 foram selecionados para apresentação.

Os assuntos eram variados, e foram desde modelos de negócios, passando por redes sociais, o papel do editor, direitos autorais e outros.

Vilson Milarchi falou sobre o panorama geral dos livros digitais na educação, enquanto Liliana Serra se aprofundou no modelo de empréstimos de eBooks em bibliotecas, um assunto abordado hoje no Congresso.

O advogado Alexandre Vieira tocou no delicado assunto dos direitos autorais, e Patrícia Basseto falou sobre a desterritorializaçāo do conhecimento, relacionando redes sociais com a leitura de eBooks.

Depois, Thais Pinheiro falou também sobre bibliotecas digitais, seguida de Danusa Oliveira, que tratou do nicho gaúcho e seu papel na publicação de eBooks.

Eu (sinto muito a propaganda) apresentei um artigo que fez um paralelo entre editores e autores independentes e os desenvolvedores independentes de jogos. Quem encerrou o dia foi Larissa Averburg, que discorreu sobre a dimensão simbólica e social do livro.

O trabalho escolhido como melhor foi o de Danusa Oliveira, com o segundo lugar ficando com Larissa Averburg. Ela irá apresentar uma versão maior do conteúdo para todo o público do Congresso amanhã, das 8:40 às 9:00.

Os assuntos abordados nos trabalhos científicos, embora de cunho acadêmico, trataram dos assuntos mais discutidos no mercado editorial digital. O concurso já está confirmado para o ano que vem, e deve trazer mais trabalhos para o Congresso.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Esta página ainda não tem comentários. Quer comentar primeiro?

Deixe um comentário