Kobo no Facebook - leitura social / social reading

Facebook Investe Em Livros Digitais Com a Nova Linha do Tempo

Eduardo Melo (Simplíssimo) Ebooks, Notícias 2 Comments

Uma integração dos recursos de “leitura social” da livraria online Kobo, com o Facebook, foi discretamente anunciada em setembro. Agora que saiu a nova Timeline do Facebook – no Brasil chamada Linha do Tempo, liberada na rede social desde 15/12, já podemos ter uma amostra do que será essa integração (imagem abaixo):

Kobo Reading Life para Facebook

Kobo está muito à frente dos concorrentes, da perspectiva do social reading

Parece pouca coisa, mas não se engane. O usuário do Kobo não precisará informar, manualmente, que livro está lendo, ou quando. Essa informações serão enviadas automaticamente ao Facebook, pelos usuários do Kobo que quiserem integrar suas contas em ambos os serviços. Considerando que a Kobo já tem mais de 5 milhões de usuários, imagine se apenas uma pequena parte deles decidir compartilhar suas leituras diariamente no Facebook. Serão, no mínimo, milhares de comentários, debates, polêmicas entre leitores… todos os dias.

Vai dar um belo impulso na venda de eBooks da Kobo, uma empresa que iniciou expansão internacional em 2011, foi adquirida por investidores japoneses por mais de 200 milhões de dólares. E começa a operar no Brasil em 2012. O modelo de negócios da Kobo é uma cópia da Amazon: uma “arquitetura” para leitura de eBooks que busca facilitar ao máximo a experiência do leitor-usuário, oferecendo várias opções de aparelhos, aplicativos e softwares de leitura, que permitam uma leitura fácil e sem obstáculos técnicos. Ainda está longe de se comparar ao Kindle, mas a Kobo realmente se esforça para melhorar e inovar.

A parceria Facebook-Kobo se enquadra perfeitamente dentro da política de Mark Zuckerberg, de automatizar o fluxo de  informações geradas pelos usuários da rede social. E ele ganha muito com isso: saberá quais os livros mais lidos, quando as pessoas lêem mais, quais os perfis de pessoas que estão lendo determinados livros… uma mina de ouro de informações, ótimas para vender publicidade para as editoras.

A Kobo ganha, em troca, mais exposição da marca, mais usuários, possivelmente um volume maior na venda de livros e dispositivos. Nada mal para uma empresa que precisa competir e crescer à sombra de gigantes.

Mais detalhes sobre os recursos de leitura social da Kobo e a parceria com o Facebook:

http://www.quillandquire.com/blog/index.php/2011/09/23/kobo-reading-life-and-facebook-partner-for-frictionless-social-e-reading/

http://blog.kobobooks.com/kobo-announces-new-social-ereading-features-on-facebook-at-f8-developer-conference/

 

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Nossos números são difíceis de bater: desde 2010, a Simplíssimo comercializou mais de 1 milhão de exemplares e publicou mais de 1.000 ebooks e livros impressos. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoFacebook Investe Em Livros Digitais Com a Nova Linha do Tempo

Comments 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *