Guarde eBooks e Outros Dados por Mil Anos (Julgue Você Mesmo)

14/11/2011
 / 
por Eduardo Melo
 / 

Se antigamente os incêndios e a umidade eram os inimigos dos livros, para os eBooks esse inimigo é muito mais discreto… é o tempo.

O blog Bibliotecno, do Alex da Silveira, comentou sobre a novidade tecnológica, produzida pela LG e desenvolvida por uma startup, que supostamente entrega mil anos de durabilidade para os dados inseridos em um disco:

Uma startup americana, a Millenniata, apareceu agora com o seu M-Dics, que gravam os mesmos 4,7GB de um DVD, que tem um leitor que lê os CDs, DVDs e Blu-rays tradicionais. Mas qual a diferença? Segundo eles, através da substituição do material orgânico por um composto sintético mais resistente e com o uso de um laser gravador 5 vezes mais potentes (quanta coisa, né?) seus discos poderão durar até 1000 anos… Sim, eu disse 1000, mil anos. E aguenta calor, riscos e umidade! O custo dos gravadores nem é absurdo, variando entre US$49 e US$199. São produzidos pela LG Eletronics.

Como provavelmente o teste não foi conduzido em tempo real, será difícil confiar 100% neste disco. Como diz o próprio Alex,

Pronto para aposentar seus microfilmes? Qualquer coisa é só cobrar da empresa… Daqui a uns 1000 anos, quem sabe… Esta não é a primeira iniciativa nestes tipos de discos “eternos”, mas o problema é sempre o mesmo: Como provar esta durabilidade.

Fonte: Esqueça seus microfilmes… Vá de M-Disc e preserve seus dados por mil anos. Será? | BIBLIOTECNO – INFORMAÇÃO, TECNOLOGIA E BIBLIOTECONOMIA.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

14/11/2011
 / 
por Eduardo Melo
 / 

Se antigamente os incêndios e a umidade eram os inimigos dos livros, para os eBooks esse inimigo é muito mais discreto… é o tempo.

O blog Bibliotecno, do Alex da Silveira, comentou sobre a novidade tecnológica, produzida pela LG e desenvolvida por uma startup, que supostamente entrega mil anos de durabilidade para os dados inseridos em um disco:

Uma startup americana, a Millenniata, apareceu agora com o seu M-Dics, que gravam os mesmos 4,7GB de um DVD, que tem um leitor que lê os CDs, DVDs e Blu-rays tradicionais. Mas qual a diferença? Segundo eles, através da substituição do material orgânico por um composto sintético mais resistente e com o uso de um laser gravador 5 vezes mais potentes (quanta coisa, né?) seus discos poderão durar até 1000 anos… Sim, eu disse 1000, mil anos. E aguenta calor, riscos e umidade! O custo dos gravadores nem é absurdo, variando entre US$49 e US$199. São produzidos pela LG Eletronics.

Como provavelmente o teste não foi conduzido em tempo real, será difícil confiar 100% neste disco. Como diz o próprio Alex,

Pronto para aposentar seus microfilmes? Qualquer coisa é só cobrar da empresa… Daqui a uns 1000 anos, quem sabe… Esta não é a primeira iniciativa nestes tipos de discos “eternos”, mas o problema é sempre o mesmo: Como provar esta durabilidade.

Fonte: Esqueça seus microfilmes… Vá de M-Disc e preserve seus dados por mil anos. Será? | BIBLIOTECNO – INFORMAÇÃO, TECNOLOGIA E BIBLIOTECONOMIA.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Esta página ainda não tem comentários. Quer comentar primeiro?

Deixe um comentário