O papel vai muito bem, obrigado: Moleskine irá lançar ações na Bolsa

Eduardo Melo Ebooks Deixe um comentário

Que o mercado editorial vive dias de revolução com os ebooks, é algo fora de questão. Daí a dizer que isso representa o fim da indústria que vive de vender papel, é outra história. A Moleskine, marca sinônimo de caderninhos de anotação, favorita entre autores e fãs de bloquinhos, anunciou a intenção de lançar ações na Bolsa de Milão no final de 2012.

Vários autores famosos já usaram blocos semelhantes à Moleskine, como Ernest Hemingway, e ajudaram a popularizar os caderninhos antes da marca existir – a atual empresa Moleskine só foi fundada mesmo em 1999, e hoje pertence e é controlada por um fundo de investidores. Os bloquinhos, claro, são produzidos na China. Será que Hemingway, se fosse vivo, compraria um bloquinho Moleskine®?

A empresa, que tinha 15 funcionários em 2006 e hoje conta com mais de 100 espalhados em três continentes, decidiu lançar ações em função do volume crescente de vendas.

Veja a notícia completa em Italian notebook maker Moleskine plans Milan float | Reuters.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Sobre o autor

Eduardo Melo

Eduardo Melo é fundador da Simplíssimo e seu diretor-executivo desde 2010. É licenciado em História e Mestre em Teoria da Literatura.

SimplíssimoO papel vai muito bem, obrigado: Moleskine irá lançar ações na Bolsa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Currently you have JavaScript disabled. In order to post comments, please make sure JavaScript and Cookies are enabled, and reload the page. Click here for instructions on how to enable JavaScript in your browser.