apple macbook prices infographic

Os Eletrônicos Mais Caros do Mundo

da Redação Ebooks, Notícias 2 Comments

Tem muita gente querendo que os livros digitais cheguem com tudo no Brasil. Lançam eBooks, produzem aplicativos, contratam gente e gastam dinheiro com um mercado quase incerto. Mas todo esse esforço não vale de nada se as pessoas não leem eBooks. E por que as pessoas não leem eBooks?

Porque os dispositivos de leitura são caros! Muito caros!

Aqui no Brasil sofremos com impostos absurdos em cima dos eletrônicos. Não apenas os de importação, mas também os de fabricação e venda. Exemplo disso é a Samsung, que fabrica todos os produtos vendidos aqui em território nacional e nem por isso consegue vendê-los por preços menores.

Com os importados, fica pior ainda. Os produtos da Apple, por exemplo, são os mais caros do mundo. O infográfico abaixo mostra um exemplo, o do MacBook de 13 polegadas e o preço dele ao redor do mundo. Quase US$800 de diferença para o mais barato! É o preço de um tablet dos mais caros, incrível!

Os eReaders, cuja tela em preto e branco e a falta de funções são justamente para deixá-lo mais barato? Nos Estados Unidos você compra um ótimo Kindle por US$89. Aqui, o mais barato (e cheio de defeitos) não fica por menos de R$400. Assim não dá!

Com preços nesse nível, como podemos propagar o livro digital? Como podemos popularizar essa tecnologia, levá-la a escolas, às casas de todas as classes, com impostos como esses? Assim não há boa vontade que chegue! Precisamos conhecer melhor os políticos nos quais votamos, e cobrar medidas para que isso não continue. Só assim teremos livros digitais para todos.

apple macbook prices infographic

Clique na imagem para ampliar

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Nossos números são difíceis de bater: desde 2010, a Simplíssimo comercializou mais de 1 milhão de exemplares e publicou mais de 1.000 ebooks e livros impressos. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoOs Eletrônicos Mais Caros do Mundo

Comments 2

  1. Também tenho este mesmo pensamento (ou melhor, preocupação! rs). Como vamos popularizar o livro digital se temos leitores tão caros? Mas não estou tão certo se a culpa é apenas da carga tributária. Acho que há um lucro extra (no caso dos nacionais), também, por traz deste preço absurdo.
    Acredito que, para o mercado nacional, um preço de disseminação do leitor digital, deve estar na faixa de R$100 a R$250 (para leitores de 6″) e entre R300 e R$400 (para leitores de 9″).
    Se combinarmos esse preço com os preços de ebooks 40% a 60% menores do que os físicos. Com certeza alcançamos uma rápida e completa disseminação do livro digital, assim como aconteceu no caso dos celulares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *