Tablet Xoom

Preferência Por Tablets a eReaders Cresce Rapidamente

da Redação Ebooks, Notícias 1 Comment

Uma pesquisa encomendada pelo BISG (Book Industry Study Group) revelou o que todos já sabem, de um jeito ou de outro: muito mais pessoas estão preferindo os tablets aos unifuncionais eReaders. O que a pesquisa também revelou é que a velocidade dessa preferência é cada vez maior.

Em apenas seis meses a preferência por eReaders em lojas como a Amazon e Barnes & Noble caiu de 72% para 58%, enquanto que os tablets já são a escolha de leitura de 24%, comparado a 13% no mesmo período. O tablet preferido para leitura, porém, não é o badalado iPad, e sim aqueles que não são da Apple, essencialmente os tablets da Amazon e Barnes & Noble, uma preferência que foi de 5% para 13% em um semestre.

“O movimento de eReaders dedicados para tablets multi-funcionais é um passo importante que os editores devem entender, pois lhes permite oferecer uma experiência mais rica e mais interativa em seus eBooks”, disse Angela Bole, Diretora Executiva Adjunta daBISG. “Um dos pontos fortes deste estudo é que ele pode traçar essa evolução, preparando os editores de eBook para o que os leitores querem e esperam que venha a partir deles.”

E 30% entrevistados também informaram que estão gastando mais em livros de todos os formatos desde que começaram a comprar eBooks, enquanto 50% relatou um aumento de títulos comprados, também em qualquer formato. Para eBooks, os números são melhores: 62% disse gastar mais em eBooks, e 72% afirmou comprar mais títulos no formato digital.

Falta de atenção em tablets multifunção podem ser um problema

Porém, mesmo com a alegria de poder oferecer conteúdo mais interativo em tablets, nem tudo são rosas para esse novo comportamento. Kelly Gallagher, vice presidente de serviços de publicação da Bowker, adverte: “Tablets podem afetar negativamente o negócio do eBook, uma vez que o tablet é um dispositivo multifuncional e, portanto, chamam o leitor de livros a atividades não relacionadas a leitura e, portanto, leva-os a consumir livros mais lentamente e, portanto, comprar menos livros, contra uma única função de dispositivos dedicados de leitura”.

eReaders gratuitos?

Para combater essa mudança de escolha, a solução pode estar no preço. Com os tablets sendo oferecidos a preços cada vez menores, uma opção seria oferecer gratuitamente os eReaders, a fim de incentivar o uso desse dispositivo e, consequentemente, da compra de mais livros: “Eu acho que Nook e o Kindle vão promover ativamente isso até o final do ano”, disse Gallagher. “Ambos para interesses diferentes. O Nook porque os livros conduzem o negócio; Dê as navalhas, venda as lâminas de reposição. E da Amazon para manter o leitor, o cliente capturado, para que possam manter o comprador para todos os seus outros produtos”, completa.

O estudo foi feito pela Bowker Market Research em fevereiro de 2012 com 1000 compradores de livros.

Com informações do TeleRead, Digital Book World e

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Nossos números são difíceis de bater: desde 2010, a Simplíssimo comercializou mais de 1 milhão de exemplares e publicou mais de 1.000 ebooks e livros impressos. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoPreferência Por Tablets a eReaders Cresce Rapidamente

Comments 1

  1. Interessante matéria, realmente parece que as pessoas preferem, provavelmente por questão econômica, gastar 200 dólares num tablet e não gastar mais 100 num e-reader. O público pra e-readers não é o mesmo que adora joguinhos casuais e acessar facebook enquanto está indo para o trabalho, mas é aquele que gosta mesmo de ler. Como a maioria lê muito casualmente, prefere por este motivo e por questão econômica um tablet.

    Eu tenho um tablet mas só uso em casa (até que pq não tem 3g), e pra mim não tem coisa melhor que o Kindle pra ler.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *