Há 5 anos, era lançado o primeiro Kindle

Eduardo Melo Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Até o dia 18 de novembro de 2007, o livro digital ainda era uma aposta esquisita, cuja melhor materialização atendia pelo nome de Sony Reader. Eu estava nos EUA naquele ano, e lembro de ter visto posters do Sony Reader nos vagões de trem de Nova York. Naqueles dias, só assim para se ver um ereader dentro de um trem.

Aí veio o dia 19 de novembro de 2007, lançamento do Kindle. Depois daquele dia, o mercado do livro foi mudando, mudando, mudando…

Saltando cinco anos, a mudança é perceptível. Os ereaders dedicados – aqueles com tinta eletrônica (e-ink), que servem apenas para ler, se tornaram comuns – até já perdem espaço para outros aparelhos, os tablets. O lançamento do Kindle criou um novo mercado, digital, com novas estratégias de marketing. Sacudiu velhos modelos de negócio, criou outros, recauchutou mais alguns… é o produto que realmente colocou o livro dentro da revolução da informação. Hoje, é impossível pensar o livro digital, sem olhar o exemplo da Amazon. Ou o próprio futuro do livro e seu mercado.

Podemos contar nos dedos, de uma só mão, as empresas que conseguiram desenvolver um sistema tão simples e fácil para o consumidor, quanto a Amazon conseguiu através do Kindle. A empresa de Jeff Bezos ensinou que, para o livro digital ser adotado em massa, era preciso dar acesso ao conteúdo de forma universal – deveria ser possível ler o ebook comprado no Kindle, em uma miríade de sistemas e aparelhos, da forma mais fácil e rapidamente possível – como diz a missão da Amazon: em qualquer aparelho, em qualquer lugar, em até 60 segundos. Da compra até o começo da leitura. Além da Amazon, alcançaram esse feito com sucesso somente a Apple, Barnes & Noble, Google e Kobo. E olhe lá… com falhas aqui e ali.

Por tudo isso, bem resumidamente, o lançamento do Kindle foi um divisor de águas, e damos eco para a passagem simbólica dos cinco anos do seu lançamento. Nada mais justo reconhecer os méritos e darmos parabéns ao Kindle, à Amazon e a Jeff Bezos, por colocarem nos trilhos um mercado que, para muitos, parecia confinado aos filmes de ficção científica.

Ao Kindle e suas encarnações, muito sucesso, e muitos anos de vida.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Sobre o autor

Eduardo Melo

Eduardo Melo é fundador da Simplíssimo e seu diretor-executivo desde 2010. É licenciado em História e Mestre em Teoria da Literatura.

SimplíssimoHá 5 anos, era lançado o primeiro Kindle

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Currently you have JavaScript disabled. In order to post comments, please make sure JavaScript and Cookies are enabled, and reload the page. Click here for instructions on how to enable JavaScript in your browser.