Cosac Naify “ensina” editoras como planejar design para ebooks

Eduardo Melo Ebooks, Mercado, Notícias Deixe um comentário

Na última sexta-feira (26/04) o blog da editora Cosac Naif postou uma legítima “aula” de como pensar e planejar uma coleção digital. A editora publicou algumas considerações sobre a estética, o design e as limitações técnicas do livro digital em formato ePub, explicando as soluções adotadas e o resultado obtido – incluindo fotos. Leitura obrigatória, portanto, para quem publica ebooks e tem uma preocupação com a qualidade. Diga-se de passagem, a equipe da Cosac conta com o Antonio Hermida, ex-Simplíssimo.

Os problemas encontrados pela Cosac foram os seguintes:

  1. Fazer os ebooks funcionarem no maior número de aparelhos e telas, sem perder características que compõem a identidade visual;
  2. Fontes serifadas, usadas no impresso, não ficaram boas no ebook;
  3. Alinhamento de texto justificado cria “caminhos de rato” em telas pequenas;
  4. Chamadas de notas ao longo do texto;
  5. Aumento do entrelinhas por conta do sobrescrito das chamadas de notas;
  6. Logomarca da editora ficava na lombada da capa;
  7. Localização dos índices remissivos;
  8. Sumário dentro do ebook é redundante (os aparelhos já oferecem um);

E as soluções adotadas (veja com mais detalhes no Blog da Cosac Naify)

  1. Por enquanto, os ebooks estão à venda apenas na Saraiva e Livraria Cultura;
  2. As fontes originais foram trocadas por outra parecida, mais adequada a ebooks;
  3. Alinhar o texto à esquerda, deixando a opção de justificar ao usuário;
  4. Incluir chaves – {_} – para aumentar a superfície de toque para as notas;
  5. Reduzir o alinhamento vertical das chamadas de notas;
  6. Adaptar o texto da capa;
  7. No índice remissivo, foi mantida a numeração das páginas na versão impressa;
  8. A editora eliminou o sumário interno e decidiu usar apenas o sumário de navegação dos aparelhos;

Sobre a última solução, parece indicar que a editora não irá vender seus ebooks na Amazon tão cedo – pelo menos, não os da coleção Prosa do Mundo. Isto porque, dentre as várias exigências da Amazon para os ebooks do Kindle, uma delas é justamente a presença de um sumário “interno”, em meio ao conteúdo do livro.

A definição de um design que funcione bem em vários aparelhos, não passa apenas por escolhas técnicas, passa também por decisões comerciais (como vender ou não na Amazon, no caso). E quanto mais livrarias, maior a probabilidade de ser preciso adaptar o design do ebook, para atender diferentes exigências em uma ou outra. Geralmente, quem ganha a queda de braço é o setor comercial… e o design sofre.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Sobre o autor

Eduardo Melo

Eduardo Melo é fundador da Simplíssimo e seu diretor-executivo desde 2010. É licenciado em História e Mestre em Teoria da Literatura.

SimplíssimoCosac Naify “ensina” editoras como planejar design para ebooks

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Currently you have JavaScript disabled. In order to post comments, please make sure JavaScript and Cookies are enabled, and reload the page. Click here for instructions on how to enable JavaScript in your browser.