De Qual Editora é Esse eBook Mesmo?

17/10/2011
 / 
por da Redação
 / 

Uma pesquisa encomendada à Bowker PubTrack, empresa especialista em análises mercadológicas editoriais, anunciou que 80% dos consumidores de eBooks nos Estados Unidos não se importam em saber qual é a editora de um título na hora da compra, consideraram a informação irrelevante. E só 25% disseram saber qual o selo de uma obra adquirida pela internet. Os números também mostraram que 21% dos pesquisador já adquiriram uma obra autoeditada.

Para os autores independentes essa é uma boa notícia, pois mostra que o mercado está realmente aberto, lembrando de casos como Amanda Hocking e John Locke. Entretanto, é sempre bom lembrar que não é porque os consumidores não se interessam pela editora que qualquer coisa que for jogada em um site será comprada.

É sempre muito recomendado contratar os serviços de um editor, um revisor ou um especialista em eBooks para garantir que sua obra estará de acordo com o mercado. Escrever e publicar sozinho não significa que você possui o dom da escrita. Todo mundo precisa de bons profissionais envolvidos, para dar aquela “garibada” no seu livro.

Com informações do Estado de S.Paulo.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

17/10/2011
 / 
por da Redação
 / 

Uma pesquisa encomendada à Bowker PubTrack, empresa especialista em análises mercadológicas editoriais, anunciou que 80% dos consumidores de eBooks nos Estados Unidos não se importam em saber qual é a editora de um título na hora da compra, consideraram a informação irrelevante. E só 25% disseram saber qual o selo de uma obra adquirida pela internet. Os números também mostraram que 21% dos pesquisador já adquiriram uma obra autoeditada.

Para os autores independentes essa é uma boa notícia, pois mostra que o mercado está realmente aberto, lembrando de casos como Amanda Hocking e John Locke. Entretanto, é sempre bom lembrar que não é porque os consumidores não se interessam pela editora que qualquer coisa que for jogada em um site será comprada.

É sempre muito recomendado contratar os serviços de um editor, um revisor ou um especialista em eBooks para garantir que sua obra estará de acordo com o mercado. Escrever e publicar sozinho não significa que você possui o dom da escrita. Todo mundo precisa de bons profissionais envolvidos, para dar aquela “garibada” no seu livro.

Com informações do Estado de S.Paulo.

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

  1. Concordo Stella, eu por exemplo, não verifico qual a editora do livro, para mim pouco importa, mas verifico se o livro está bem produzido ou não. E com certeza, sempre que baixo um sample na Amazon e deparo com uma organização "feia" bate um pré-conceito e na maioria das vezes largo o livro de mão.

Deixe um comentário