Governo adquiriu R$ 338 milhões em tablets no primeiro semestre

Eber Freitas Notícias 1 Comment

Aos poucos, os tablets estão sendo implementados nas escolas e nas esferas públicas administrativas como uma ferramenta de produtividade e aprendizado. De acordo com dados do Ministério do Planejamento, foram gastos R$ 852,6 milhões com aquisições de bens e serviços em TI durante o primeiro semestre de 2012. Deste valor, R$ 337,9 milhões foram utilizados para comprar tablets.

Uma parte foi destinada à rede pública de ensino, na aquisição de 600 mil tablets para dar suporte aos professores nas aulas – representando um investimento entre R$ 150 e 180 milhões. Outra fatia foi usada para comprar aparelhos para setores administrativos da União.

Junto com os serviços e licenciamentos de software (R$ R$ 54,5 milhões), os tablets estiveram entre os bens e serviços em TI que mais receberam investimentos públicos no primeiro semestre. O Ministério da Educação foi o órgão que mais comprou na área de TI, com um total de 59% das contratações – ou R$ 499,3 milhões.

Via IDGNow!

Para publicar seu ebook ou livro impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Desde 2010 a Simplíssimo já comercializou mais de 1 milhão de exemplares, para mais de 1.500 autores e editoras. Veja como funciona.

 

Sobre o autor

Eber Freitas

SimplíssimoGoverno adquiriu R$ 338 milhões em tablets no primeiro semestre

Comments 1

  1. Como Pedro Sette-Câmara escreveu no Twitter outro dia, “o governo dá escola, livro, merenda, passagem, meia-entrada e ainda vai dar tablet. Falta só dar a vontade de estudar”.

    E nem sabemos se esses tablets chegarão mesmo às mãos dos estudantes…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Currently you have JavaScript disabled. In order to post comments, please make sure JavaScript and Cookies are enabled, and reload the page. Click here for instructions on how to enable JavaScript in your browser.