PRIMEIRA MÃO: Loja de eBooks da Apple está aberta no Brasil!

Eduardo Melo (Simplíssimo) Ebooks, Notícias 6 Comments

Aparentemente, a Apple ganhou a corrida contra a Amazon e chegou primeiro ao Brasil.

A iBookstore brasileira e da América Latina abriu suas portas neste domingo. A loja também está disponível na Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru e Venezuela, e também para países da América Central, incluindo o Mexico. O Uruguai não está listado. Os preços estão em dólar, como previmos algumas semanas atrás aqui no Revolução.

Além dos eBooks da Simplíssimo, também os ebooks da DLD estão disponíveis.

Certamente a abertura da loja de eBooks está relacionada com o anúncio de amanhã (23/10) da Apple, com o aguardado lançamento do iPad Mini.

Aqui vão duas telas, uma do iPad e outra do iTunes, mostrando a disponibilidade dos títulos brasileiros.

  

Antes dessa mudança, o usuário brasileiro só podia baixar ebooks gratuitos ou de domínio público. A loja pode não ter preços em reais, mas o simples fato de permitir a compra, para quem tem conta brasileira na Apple/iTunes, é uma tremenda novidade – tanto para leitores, quanto para as editoras. É um grande avanço, e não só para os consumidores – a presença de um competidor à altura da Amazon também é um alento para as editoras.

Para publicar seu livro em ebook ou impresso, nas principais livrarias online, conheça o serviço de publicação da Simplíssimo. Nossos números são difíceis de bater: desde 2010, a Simplíssimo comercializou mais de 1 milhão de exemplares e publicou mais de 1.000 ebooks e livros impressos. Veja como funciona a publicação para seu livro, aqui.

 

SimplíssimoPRIMEIRA MÃO: Loja de eBooks da Apple está aberta no Brasil!

Comments 6

  1. Eduardo, a Amazon já vende em dólar no Brasil desde 2009… Na verdade, a Apple apenas disponibilizou conteúdo em português para brasileiros comprarem em dólar de sua loja americana… Ainda estamos longe de uma loja brasileira mesmo…

    1. Oi Carrenho. Antes dessa mudança, o usuário brasileiro só podia baixar ebooks gratuitos ou de domínio público. A loja pode não ter preços em reais, mas o simples fato de permitir a compra, para quem tem conta brasileira na Apple/iTunes, é uma tremenda novidade – tanto para leitores, quanto para as editoras. É um grande avanço.

    2. É um avanço, claro! Só não acho que eles chegaram na frente da Amazon com isso… Uma questão é que a grande maioria dos brasileiros não possui cartão de crédito internacional…

  2. Pingback: PRIMEIRA MÃO: Loja de eBooks da Apple está aberta no Brasil! | Livros só mudam pessoas

  3. Pingback: Apple's iBookstore Opens in Latin America, New Zealand | Publishing Perspectives

  4. Pingback: Links e Notícias da Semana #112

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *