IDPF Logo

IDPF Propõe Alternativa ao DRM, Comentários Abertos até dia 08/06

Eduardo Melo (Simplíssimo) Ebooks, Notícias 1 Comment

Um grupo de trabalho no IDPF fez uma análise do impacto das soluções atuais de DRM e verificou o que nós já sabíamos, ou seja, DRM cria mais problemas, do que resolve. O extenso relatório traz uma análise realista sobre a viabilidade das soluções de DRM atuais, e seus impactos negativos no desenvolvimento do mercado de ebooks. Um trecho:

IDPF LogoIDPF LogoIDPF Logo

A maioria das grandes [leia mais]

SimplíssimoIDPF Propõe Alternativa ao DRM, Comentários Abertos até dia 08/06
Direitos autorais

As Burocracias do DRM e o Amigável Social DRM

Leitor Artigos, Ebooks, ereaders, livro eletrônico, Tecnologia 11 Comments

Os eBooks vieram para facilitar a leitura em geral. Fáceis de “transportar” e distribuir, os livros digitais vêm cativando cada vez mais novos leitores. Mas o que dizer quando aparecem pedras no caminho? Quando o que era para facilitar termina por criar novos e desnecessários obstáculos?

Direitos autoraisDireitos autoraisDireitos autorais

No Brasil, os formatos de eBook predominantes são o ePub e o PDF, o que é um ponto positivo, [leia mais]

SimplíssimoAs Burocracias do DRM e o Amigável Social DRM

As Burocracias do DRM e o Amigável Social DRM – artigo

Colaboração do leitor Artigos, Ebooks, ereaders, livro eletrônico, Tecnologia Deixe um comentário

Revolucaoebook.com.br

Os eBooks vieram para facilitar a leitura em geral. Fáceis de “transportar” e distribuir, os livros digitais vêm cativando cada vez mais novos leitores. Mas o que dizer quando aparecem pedras no caminho? Quando o que era para facilitar termina por criar novos e desnecessários obstáculos?

No Brasil, os formatos de eBook predominantes são o ePub e o PDF, o que é um ponto positivo, visto que estes formatos são aceitos pela maioria dos dispositivos pertencentes às famílias dos smartphones, tablets e eReaders. Em outras palavras, um livro digital obtido em um destes formatos pode ser aberto em qualquer um destes dispositivos sem problemas, certo? Sim e não!

Apesar da afirmação acima estar perfeitamente correta, a grande maioria das livrarias brasileiras distribuem seus eBooks com o Adobe DRM, o que podemos considerar a pedra no sapato. Com o propósito de combater a pirataria de livros, o DRM combate muito mais a boa experiência do leitor que qualquer outra coisa. Mas o DRM não é eficaz contra a pirataria? Sim e não!

Se você quer combater aquele leitor leigo na área de informática de dar uma cópia do livro que ele gostou para um amigo, a DRM é eficaz. Agora se você quer de fato combater a pirataria (os grandes) a resposta é: nem de longe! Qualquer criança de 12 anos (ou menos) sabe pesquisar no Google e pronto! Lá se vai toda tecnologia anti-pirataria…

Mas se você até agora não percebeu os efeitos colaterais do DRM, leia algumas das limitações impostas por esta tecnologia aos leitores de ebooks com DRM:

Posso transferir eBooks que já comprei ou baixei para outro computador? Sim, contanto que você tenha baixado o eBook em um computador que tenha sido ativado com seu Adobe ID. A utilização do Adobe ID é obrigatória? O programa Adobe Digital » Continue lendo.

As Burocracias do DRM e o Amigável Social DRM

SimplíssimoAs Burocracias do DRM e o Amigável Social DRM – artigo

Nova Lei de Direitos Autorais impõe limites ao uso de DRM

Eduardo Artigos 4 Comments

Editores e livrarias online, comecem a se preparar…

O ante-projeto de reforma da Lei de Direitos Autorais brasileira, em consulta pública até 28 de julho, está impressionando especialistas e jornalistas que acompanham as legislações similares pelo mundo. Por quê? Ora, porque a lei brasileira, por incrível que pareça, é mais avançada em relação aos direitos das pessoas e consumidores de bens culturais. E você sabe… quando se dá direitos a alguns… isso significa impacto do outro lado.

Em países como Canadá e Estados Unidos, as pessoas são proibidas totalmente de fazer cópias de qualquer bem cultural, mesmo [leia mais]

SimplíssimoNova Lei de Direitos Autorais impõe limites ao uso de DRM

Nova Lei de Direitos Autorais impõe limites ao uso de DRM – artigo

Colaboração do leitor Artigos 4 Comments

Editores e livrarias online, comecem a se preparar…

O ante-projeto de reforma da Lei de Direitos Autorais brasileira, em consulta pública até 28 de julho, está impressionando especialistas e jornalistas que acompanham as legislações similares pelo mundo. Por quê? Ora, porque a lei brasileira, por incrível que pareça, é mais avançada em relação aos direitos das pessoas e consumidores de bens culturais. E você sabe… quando se dá direitos a alguns… isso significa impacto do outro lado.

Em países como Canadá e Estados Unidos, as pessoas são proibidas totalmente de fazer cópias de qualquer bem cultural, mesmo [leia mais]

SimplíssimoNova Lei de Direitos Autorais impõe limites ao uso de DRM – artigo

Barrando a Pirataria de E-books com o Ex-Libris Eletrônico

Eduardo Artigos 21 Comments

Publicar e-books sem proteção contra pirataria é algo inconcebível para os editores brasileiros. No mundo pós-MP3 e no país do xerox de porta de faculdade, as preocupações dos editores merecem consideração.

A escolha mais comum para quem quer proteger seus e-books é apostar na proteção DRM (Digital Rights Management) fornecida pela Adobe, através do Adobe Content Server 4 (ACS4). O DRM funciona restringindo os aparelhos, os programas e a quantidade de acessos que os leitores podem ter aos seus e-books.

Embora realmente impeça a cópia indiscriminada dos livros, a rede está cheia de sites que ensinam como retirar a [leia mais]

SimplíssimoBarrando a Pirataria de E-books com o Ex-Libris Eletrônico

Barrando a Pirataria de E-books com o Ex-Libris Eletrônico – artigo

Colaboração do leitor Artigos 21 Comments

Publicar e-books sem proteção contra pirataria é algo inconcebível para os editores brasileiros. No mundo pós-MP3 e no país do xerox de porta de faculdade, as preocupações dos editores merecem consideração.

A escolha mais comum para quem quer proteger seus e-books é apostar na proteção DRM (Digital Rights Management) fornecida pela Adobe, através do Adobe Content Server 4 (ACS4). O DRM funciona restringindo os aparelhos, os programas e a quantidade de acessos que os leitores podem ter aos seus e-books.

Embora realmente impeça a cópia indiscriminada dos livros, a rede está cheia de sites que ensinam como retirar a [leia mais]

SimplíssimoBarrando a Pirataria de E-books com o Ex-Libris Eletrônico – artigo