Livrarias Saraiva e Cultura estão inadimplentes – saiba como isto afeta você

Eduardo Melo Artigos, Destaque, Notícias Deixe um comentário

Conforme noticiado na Folha de São Paulo e Revista Época, Saraiva e Cultura estão inadimplentes com editoras e distribuidoras há vários meses, relutando inclusive em renegociar suas dívidas. A dívida total da Saraiva (incluindo empréstimos), levaria 12 anos para ser integralmente paga, mantidas as condições atuais da empresa.

Agora que o assunto se tornou público, fico mais à vontade para comentar isto publicamente.

Para a Simplíssimo, a notícia acima não é nenhuma novidade — em 2016 e 2017, foram inúmeros os episódios de atraso, alguns com duração de vários meses. Após insistentes cobranças, ameaças, etc., as livrarias eventualmente quitaram seus [leia mais]

SimplíssimoLivrarias Saraiva e Cultura estão inadimplentes – saiba como isto afeta você

Ascensão dos ebooks tira do mercado 98 editoras na Inglaterra

Eduardo MeloAtualizado em: Ebooks, Mercado 2 Comments

Talvez não sejam só as pequenas livrarias (ou livreiros?) que estão ameaçados de extinção na Inglaterra, por culpa dos ebooks. Segundo o jornal Financial Times, 98 editoras fecharam as portas na Inglaterra.

A ascensão dos e-books e a pressão exercida por importantes varejistas para baixar preços dos livros vêm forçando um grande número de editoras na Inglaterra a deixarem o mercado, conforme sinalizou uma pesquisa realizada pela empresa de contabilidade Wilkins Kennedy.

Por lá, 98 editoras de livros, periódicos e outros materiais semelhantes se afundaram em dívidas e fecharam neste ano –até o final de agosto. Houve um aumento de [leia mais]

SimplíssimoAscensão dos ebooks tira do mercado 98 editoras na Inglaterra

eBook e livrarias: uma experiência prática

Fernando Ebooks, Mercado, Notícias Deixe um comentário

Esta semana tive a oportunidade de encontrar-me na Itália com um grupo de assíduos leitores de livros para falar sobre eBooks, tirando dúvidas e mostrando como é fácil usar um eReader.

A Iniciativa do encontro “eBook per tutti” (eBook para todos) foi da Livraria Rinascita, situada em Ascoli Piceno na região das Marcas na Itália.

Nesta cidade com pouco mais de 50.000 habitantes, fundada antes mesmo de Roma, Giorgio Pignotti, proprietário de Rinascita tenta trazer os livros digitais para dentro da livraria física.

A livraria conta com um sistema centralizado de controle de vendas/estoque para os livros impressos com mais de [leia mais]

SimplíssimoeBook e livrarias: uma experiência prática

Quais livrarias vendem mais ebooks?

Eduardo MeloAtualizado em: Ebooks, Mercado 3 Comments

A primeira pergunta que surge com nossa análise das vendas de ebooks no mês de abril: qual livraria vendeu mais ebooks? O resultado geral é surpreendente.

Em unidades, o Google foi responsável por 55% das vendas – sozinha, vendeu mais exemplares que a soma de Apple, Kobo e Saraiva. Em faturamento, porém, a situação é bem diferente. O Google até ficou na frente da Apple, mas por pouco (36% a 34%) – e isto que na Apple vendemos pouco mais de 1/3 dos exemplares vendidos no Google!

[leia mais]

SimplíssimoQuais livrarias vendem mais ebooks?

Brasil tem redução de 12% no número de livrarias

Eduardo Melo Ebooks, Mercado Deixe um comentário

RIO – Entre dezembro de 2011 e dezembro de 2012, houve uma redução de 12% no número de livrarias em todo o país, segundo o presidente da Associação Nacional de Livrarias (ANL), Edmilson Xavier. Eram 3.481 e agora são 3.073. A informação está na quarta edição do anuário da ANL, que será divulgado dia 30 de abril, na livraria Martins Fontes, em São Paulo.

— Essa queda é preocupante. Ela compromete o que chamamos de bibliodiversidade — afirma Edmilson Xavier, presidente da ANL.

SimplíssimoBrasil tem redução de 12% no número de livrarias

Livro se compra só na livraria?

Eduardo Melo Ebooks, Mercado, Notícias Deixe um comentário

“Livro se compra na livraria, não na escola”, é o título de um anúncio publicado pela Associação Estadual de Livrarias do Rio de Janeiro, em março, no jornal O Globo. De todo modo, vale a pena conferir. Escrito no estilo “manifesto”, o texto tem valor histórico, pois mostra como as livrarias tentam resistir a uma das tantas transformações que o seu mercado atravessa atualmente. Será mesmo que é possível defender, em 2013, que livros só podem ser comprados nas livrarias? O tempo dirá.

O texto é requentado de uma campanha semelhante, de 2011, o que demonstra a pouca influência das livrarias para interferir nesta [leia mais]

SimplíssimoLivro se compra só na livraria?

Quem está mais ameaçado de extinção, a livraria, ou o livreiro?

Eduardo Melo Ebooks, Mercado 1 Comment

Em vários países, o número de livrarias independentes está encolhendo a olhos vistos. No Brasil, o número de livrarias encolheu 12%, segundo recente pesquisa da Associação Nacional de Livrarias (veja a fonte no final do texto). Aí começa a se pensar  que a pequena livraria está ameaçada, pode desaparecer, etc. Esta semana, porém, uma nova livraria independente abriu em São Paulo, com um modelo de negócios interessantíssimo, que pode mostrar um caminho para salvar as pequenas livrarias da extinção – embora não os livreiros.

Maria Fernanda Rodrigues (no Estadão) conta a história por trás da inauguração da Intermeios, livraria aberta [leia mais]

SimplíssimoQuem está mais ameaçado de extinção, a livraria, ou o livreiro?

Com vendas fracas, pequenas livrarias digitais fecham as portas

Eduardo Melo Ebooks, Mercado, Notícias 4 Comments

Toda semana abre uma nova startup, que promete revolucionar o mercado editorial e blá, blá, blá. E assim tem sido por bastante tempo. Porém, agora que o mercado digital está ficando mais maduro no exterior, as empresas que não dão lucro começaram a fechar. E as que estão fechando primeiro, são as pequenas livrarias online.

Nas últimas duas semanas, pelo menos duas fecharam as portas e tiveram seus fechamentos noticiados: Booki.sh (australiana) e Books on Board (americana).

A Booki.sh é uma distribuidora de ebooks, que fez parcerias com livrarias independentes, que vendiam os ebooks da Booki.sh e ganhavam [leia mais]

SimplíssimoCom vendas fracas, pequenas livrarias digitais fecham as portas

A Resposta Da Barnes & Noble

da Redação Ebooks, Mercado Deixe um comentário

>> Setor Nook sofrerá adequações, ritmo de abertura de novas livrarias continuará e investimentos novos virão por aí

O core business da Barnes & Noble é vender livros. Desenvolver e manter um setor de hardware só é rentável à medida em que as vendas na ebookstore subsidiam as perdas, como acontece com a Amazon. A situação da B&N no momento não é nada boa, e William Lynch, CEO da companhia garante: “não vamos continuar fazendo o que temos feito”.

As vendas no setor Nook caíram 26% no terceiro trimestre fiscal da companhia, encerrado em 31 de janeiro. Já [leia mais]

SimplíssimoA Resposta Da Barnes & Noble

Maior livraria americana planeja fechar quase 20% de suas lojas

Eduardo MeloAtualizado em: Ebooks, Mercado 4 Comments

No que está sendo chamado, em tons apocalípticos, até de “espiral da morte”, a Barnes & Noble, maior rede de livrarias americana, anunciou que prevê fechar até 239 lojas em um plano de longo prazo – em até 10 anos. A notícia é do Wall Street Journal.

O anúncio chega um mês depois de a empresa anunciar uma queda de 10% nas vendas, em novembro e dezembro de 2012.

O rtimo atual da B&N é de redução anual de 15 lojas – 30 lojas fechadas e 15 abertas, em média, todos os anos. O ritmo de fechamentos irá aumentar, portanto.

[leia mais]

SimplíssimoMaior livraria americana planeja fechar quase 20% de suas lojas

Leitor responde Carta Aberta da ANL

Eduardo MeloAtualizado em: Ebooks, Notícias 11 Comments

O leitor do Revolução eBook, Gabriel Lecomte Pinho e Souza, de Salvador, envia hoje uma carta aberta em resposta à Carta Aberta da Associação Nacional de Livrarias. A ANL pediu, semana passada, que fossem estabelecidas regulações no mercado de ebooks, para proteger as livrarias. Veja a resposta de Gabriel, reproduzida na íntegra:

Salvador, 10 de dezembro de 2012

Prezado Sr. Ednilson Xavier,

Primeiramente, gostaria de informar que escrevo esta carta em resposta à carta aberta da ANL [leia mais]

SimplíssimoLeitor responde Carta Aberta da ANL

Associação Nacional de Livrarias acredita em Papai Noel e Bicho-papão

Eduardo Melo Ebooks, Notícias 9 Comments

José Simão estava certo, o Brasil é o país da piada pronta. Quem leu o Estadão do último sábado, ficou sabendo que a Associação Nacional de Livrarias planeja enviar cartas, esta semana, para a presidente, a ministra da Cultura e entidades do livro, com uma lista de pedidos para restringir a venda de livros digitais no Brasil.

Bicho-papão digital

(…) A Associação Nacional de Livrarias, que representa as independentes, já se articulava para mandar carta em que expõe alguns receios com relação ao livro digital para Dilma Rousseff, Marta Suplicy e entidades do livro. (…) Entre as sugestões, a de que [leia mais]

SimplíssimoAssociação Nacional de Livrarias acredita em Papai Noel e Bicho-papão

Livrarias brasileiras ganham opção para vender ebooks e impressos na Internet

Eduardo Melo Ebooks 2 Comments

É dura a vida das pequenas e médias livrarias no Brasil que tentam vender ebooks no Brasil – é o que dizem os donos das livrarias. Um novo serviço, lançado pelo Copia, promete finalmente desatar o nó da venda de ebooks para as pequenas livrarias. E de impressos, via Internet, também.

Em outubro, o Copia lançou a “Solução Copia para Livrarias Independentes”, serviço que fornece para a livraria um site em funcionamento, com a logomarca e cores da livraria, integrado à tecnologia do Copia de comercialização para livros digitais, e também impressos. “São cerca de 600 mil títulos de [leia mais]

SimplíssimoLivrarias brasileiras ganham opção para vender ebooks e impressos na Internet

Especial: o eBook nas pequenas livrarias

Eduardo Melo Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Nesta quarta-feira, o Revolução eBook se analisa a situação dos eBooks nas pequenas livrarias brasileiras.

Trazemos uma análise das principais dificuldades do setor para entrar no mercado digital, apresentamos um vídeo com os melhores momentos da discussão sobre eBooks, ocorrida ontem durante a Convenção da Associação Nacional das Livrarias.

Também apresentamos hoje o caso de uma pequena empresa, que criou um cartão presente para eBooks e pode servir como fonte de receita para livrarias físicas.

SimplíssimoEspecial: o eBook nas pequenas livrarias

Vídeo: livreiros discutem dificuldades e custos para vender eBooks (6 min)

Eduardo Melo Ebooks, Notícias Deixe um comentário

O vídeo abaixo, com pouco mais de 6 minutos, é um pequeno trecho das perguntas e respostas feitas após a mesa “As mudanças estruturais do mercado e o eBook nas livrarias”, durante a programação da 22a Convenção da Associação Nacional de Livrarias, que aconteceu dias 07 e 08 de agosto/2012, em SP.

A primeira parte é o relato de um livreiro e todos os problemas que teve para vender eBooks, que no final o levaram a desistir do empreendimento. A parte final, é o comentário de Augusto Kater, vice-presidente da Associação Nacional de Livrarias, comentando sobre o custo caro para [leia mais]

SimplíssimoVídeo: livreiros discutem dificuldades e custos para vender eBooks (6 min)

Assista o filme, ganhe o eBook

Eduardo Melo Ebooks, Notícias 1 Comment

A Weinstein Books aproveitou o lançamento da nova versão de “The Intouchables” para promover seu novo livro “You Changed My Life: A Memoir”, texto que inspira o filme. Em troca da compra de um ingresso para o filme, os cinéfilos recebem um código para resgatar uma cópia grátis do eBook, disponível em várias livrarias.

É o tipo de ideia que vale a pena imitar.

Fonte: The Weinstein Company Is Giving eBook For Movie Ticket Purchase – AppNewser.

SimplíssimoAssista o filme, ganhe o eBook

Três passos para revolucionar as bibliotecas públicas digitais brasileiras

Eber Freitas Autores, Ebooks 1 Comment

A realidade dos livros digitais ainda não foi bem absorvida pelas bibliotecas no Brasil. Na verdade por aqui não se imagina a biblioteca como um negócio, o que tolhe por completo a possibilidade de inovação e adoção de novas tecnologias – algo repudiado pelos bibliotecários da velha escola. O máximo que se vê são iniciativas que patinam entre o voluntariado, intervenção estatal e pirataria. E todos esses modelos se baseiam na distribuição de títulos para download (geralmente em formato .pdf) sem se amparar, repita-se, em um modelo de negócios.

Infelizmente a cultura contemplativa em relação aos livros e às [leia mais]

SimplíssimoTrês passos para revolucionar as bibliotecas públicas digitais brasileiras

Tensão, ou Tesão pré-Amazon?

Eduardo Melo Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Saiu no último caderno Link, do Estadão, matéria com o título “Tensão pré-Amazon”. Será que “tensão” expressa corretamente os sentimentos gerais do mercado?

Em 2010, realmente, existia um clima de tensão. Durante o 1º Congresso do Livro Digital da CBL, em março daquele ano, o diretor de uma grande livraria disse, com todas as palavras, que se a Amazon chegasse (naquela época) ao Brasil, e uma editora vendesse livros com eles, no dia seguinte os livros impressos da editora estariam fora das prateleiras. Aquilo sim, foi tensão pura! O ar ficou pesado.

Hoje a coisa está mais assentada. O que [leia mais]

SimplíssimoTensão, ou Tesão pré-Amazon?

Barnes & Noble Expande Setor Nook

Daniel Pavani Ebooks, Notícias Deixe um comentário

No relatório anual da Barnes & Noble para a Securities and Exchanges Comission, uma informação dá a entender um pouco melhor os planos da empresa para seu futuro próximo. Uma parceria com a Microsoft resultou na criação da empresa NewCo e, por meio dela, a B&N espera levar o Nook a mais 10 países nos próximos 12 meses.

O interessante é que o investimento da B&N não visa apenas vender mais aparelhos ou eBooks, mas também desenvolver mais este setor dentro da empresa. O relatório afirma que até o mês de [leia mais]

SimplíssimoBarnes & Noble Expande Setor Nook

Livrarias Espanholas Querem Processar Amazon, Mas Não Têm Provas

da Redação Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Enquanto os holofotes judiciários se voltam para a Apple e as big five, tem gente pensando em processar a Amazon. De acordo com o The Digital Reader, está acontecendo na Espanha a 71ª Feira do Livro em Madri, e os livreiros estão falando bastante a respeito da Amazon. Uma das conversas, vinda do presidenta da CEGAL (a associação de livreiros do país), é a de que poderia acontecer um processo contra a Amazon.

O motivo seria o desrespeito a leis de preço espanholas. Há uma queda de até 30% no mercado de livros do país, tudo nos últimos três [leia mais]

SimplíssimoLivrarias Espanholas Querem Processar Amazon, Mas Não Têm Provas