Divulgar seu ebook é fácil — tendo as ferramentas certas

Eduardo Melo (Simplíssimo) Destaque, Dicas, Marketing 3 Comments

Publicar ebooks é apenas o primeiro passo de uma longa jornada de divulgação, preocupação permanente dos autores que valorizam seu trabalho. Para potencializar o trabalho de marketing dos ebooks publicados na Simplíssimo, oferecemos várias ferramentas para apoiar este trabalho.

Hotpage: a central de marketing do ebook

A Hotpage é uma página criada pela Simplíssimo, para o ebook, agregando todas as informações sobre a obra. Nesta página, o leitor pode comprar o ebook sem intermediação de livrarias. Veja uma Hotpage aqui. Esta abordagem facilita a sua divulgação e elimina barreiras na compra do [leia mais]

SimplíssimoDivulgar seu ebook é fácil — tendo as ferramentas certas

3 regras básicas para fazer divulgação com livros digitais gratuitos

Eduardo Dicas, Ebooks, Marketing, Notícias 0 Comments

Em resposta ao artigo de Paulo Tedesco, no Publishnews, Eduardo Melo fala sobre a disponibilização de e-books gratuitos como ferramenta de divulgação

Paulo Tedesco sugeriu o “banimento” dos livros gratuitos em formato digital. Para ele, este tipo de divulgação seria uma “armadilha” no caminho dos autores, pois “não promove novos leitores tampouco alavanca vendas”. Esta crítica, tão veemente, só tem um problema: não encontra base na realidade.

O livro digital gratuito, trabalhado corretamente, é uma ferramenta poderosa para divulgação de autores, profissionais e empresas. Com a vantagem [leia mais]

Simplíssimo3 regras básicas para fazer divulgação com livros digitais gratuitos

Mercado editorial fecha semestre em queda: “talvez menos pessoas lendo”

Eduardo Ebooks, Mercado, Notícias 0 Comments

A edição mais recente do “Painel de Vendas de Livros no Brasil”, estudo mensal realizado pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel) e pela Nielsen BookScan, mostra que as vendas de livros caíram 16,3% em volume e 6,94% em faturamento, em comparação com o mesmo período de 2015. Considerando a inflação acumulada nos últimos 12 meses, a diminuição real na receita é de 15,61%. “A queda em volume foi o que me chamou mais a atenção”, afirma Marcos da Veiga Pereira, presidente do Snel e um dos fundadores da editora Sextante, “porque você fala de menos livros lidos, e talvez menos pessoas lendo.” Quanto ao preço médio de capa, houve aumento de 9,49% —abaixo da inflação acumulada entre julho de 2015 e junho de 2016, de 12,21%. Se no fim do primeiro semestre de 2015 um livro custava R$ 39,31, hoje ele sai por R$ 43,04.

SimplíssimoMercado editorial fecha semestre em queda: “talvez menos pessoas lendo”

Dicas básicas para autores melhorarem as vendas

Eduardo Melo (Simplíssimo) Autores, Dicas, Ebooks, Notícias 3 Comments

Um autor auto-publica seu ebook. Ele dedica tempo para escrever, eventualmente até investe dinheiro para produzir seu ebook. Na hora das vendas, elas ficam entre “nada” e “quase nada”. Nada muito diferente do que muitas editoras experimentam atualmente, ainda assim, algo desanimador.

Para um número considerável de autores, mudar esta situação será quase impossível – por ignorância, despreparo ou incapacidade. Não haverá milagre, ou dinheiro, que chegue para salvá-los do ostracismo. Já é assim no mercado impresso, neste ponto o digital não é diferente. Darwin explica.

Em contrapartida, felizmente, outros tantos autores serão [leia mais]

SimplíssimoDicas básicas para autores melhorarem as vendas

10 dicas para vender mais livros online

Elis Nunes Ebooks 2 Comments

Alguns dos principais desafios para quem está migrando para o eBook são o comércio, a distribuição, conhecimento sobre os números de vendas (entre outros dados), além de como trabalhar melhor o marketing e fazer com que as pessoas passem a preferir o eBook. Em vista disso, o site Futurebook listou 25 dicas para ajudar ou dar ideias de como superar esses desafios. Veja abaixo 10 dos itens mais importantes:

Use palavras-chave, para facilitar a identificação de sua obra. Uma boa dica é a ferramenta Scribe, que foi criada para otimizar informações sem comprometer a integridade do texto. Evite informações repetidas [leia mais]

Simplíssimo10 dicas para vender mais livros online

A Maioria dos Livros Não Vai Vender Bem

Roberto Tostes Autores, Ebooks, Mercado 1 Comment

Não importa a maneira que você irá publicar ou publicou. É fato, a grande maioria dos livros não venderá bem.

Ou seja, não importa quem seja ou o esforço dedicado,  grande parte dos autores também não será um sucesso de vendas.

Mesmo assim, certo tipo de pessoas passará muitos e muitos anos pensando se devem e merecem publicar seus escritos.

Outros tantos ficarão pensando porque seus escritos ainda não foram publicados.

Haverá aqueles que simplesmente ainda não decidiram se isso é tão importante em suas vidas.

O fundamental nesta história é [leia mais]

SimplíssimoA Maioria dos Livros Não Vai Vender Bem
Downloads compensam CDs e DVDs

Explosão de downloads (ao menos, de músicas)

da Redação Ebooks, Mercado, Notícias

As vendas digitais salvaram mais uma vez o mercado fonográfico no Brasil. Enquanto a receita com CDs e DVDs caiu 15% em 2013 quando comparada a 2012, as vendas via downloads, streaming e celular aumentaram 23%.

Os números soam como música para a Apple. Cerca de 95% dos downloads pagos de música no Brasil são feito na loja virtual da empresa. E a Apple ainda vende em dólar por aqui – tal qual como vende ebooks.

Downloads compensam CDs e DVDs

Fonte: [leia mais]

SimplíssimoExplosão de downloads (ao menos, de músicas)

Congresso do Livro Digital irá repetir, pelo quarto ano, tema da palestra inaugural

Eduardo Melo (Simplíssimo) Autores, Ebooks, Mercado, Notícias

— A partir de hoje, estreamos aqui no Revolução uma nova coluna: Massa Crítica. A nova coluna, com periodicidade quinzenal, lançará um olhar crítico (e às vezes, ácido…) sobre o mercado e as novidades relacionadas a ebooks. Apreciem com moderação!

A CBL (Câmara Brasileira do Livro) anunciou, esta semana, a palestra inaugural do seu 5o. Congresso Internacional CBL do Livro Digital. O tema da palestra, segundo a entidade, será “a revolução dos livros digitais e o futuro da leitura“.

Bateu uma sensação de déjà vu? Não é à toa… se [leia mais]

SimplíssimoCongresso do Livro Digital irá repetir, pelo quarto ano, tema da palestra inaugural
Indie Authors

Autopublicação: nem autores consagrados escapam de vendas pífias…

Eduardo Melo (Simplíssimo) Autores, Ebooks, Mercado, Notícias

A coluna Painel das Letras, na Folha, revelou o resultado obtido pelo autor Cristovão Tezza (…) em sua experiência de autopublicação, publicando seus livros diretamente na Amazon: 170 vendas, para 3 livros que antes habitavam a “gaveta” do autor.

Indie Authors

Os 3 livros estão à venda desde agosto – a tese de doutorado “Entre a Prosa e a Poesia” e dois títulos a serem reeditados pela Record, “A Suavidade do Vento” e “Ensaio da Paixão”.

Sem estratégia e sem divulgação, ninguém vende muito. Nem mesmo um autor consagrado e premiado, como [leia mais]

SimplíssimoAutopublicação: nem autores consagrados escapam de vendas pífias…

Empacotando eBook, nova coluna sobre marketing para ebooks

Letícia Feres Dicas, Mercado, Notícias 5 Comments

Dentro do melhor espírito do Revolução eBook, trazemos para os leitores mais uma colunista para o nosso time!

Com a autoridade de quem trabalha diariamente com eBooks, Letícia Feres, Merchandiser da Kobo para Brasil e Portugal, escreverá quinzenalmente na coluna “Empacotando eBook”, sobre as melhores práticas para marketing digital. Letícia é formada em Letras pela UFMG, com complementação em Formação de Editores pela UCM/Espanha.

Nossas boas-vindas à Letícia! Confira a coluna de estreia:

Conversa de conteúdo

Sempre amei as livrarias, mas passei por um período em que eu não tinha mais tempo [leia mais]

SimplíssimoEmpacotando eBook, nova coluna sobre marketing para ebooks

Ebooks no Brasil: faturamento de R$ 3.85 milhões em 2012

Eduardo Melo (Simplíssimo) Ebooks, Mercado 2 Comments

Semana passada foi publicada a pesquisa anual da FIPE, encomendada pelo SNEL (Sindicato Nacional dos Editores de Livros) e CBL, trazendo dados sobre a evolução do mercado no período 2011-2012. Os principais jornais reproduziram a pesquisa, mas só o Carlo Carrenho esmiuçou a questão do resultado econômico dos digitais, em seu blog. Confira os principais pontos levantados pelo Carrenho:

A pesquisa aponta que foram vendidos 235.315 unidades de livros digitais, com faturamento de 3.85 milhões. Não há série histórica com dados de vendas [leia mais]

SimplíssimoEbooks no Brasil: faturamento de R$ 3.85 milhões em 2012

B&N irá expandir para 10 países e revisa estratégia

Eber Freitas Ebooks, Mercado 0 Comments

A rede Barnes & Noble anunciou em seu relatório anual enviado à Securities and Exchange Comission (SEC) que irá expandir sua ebookstore para 10 novos mercados. Não ficou explícito quais seriam os países que receberiam o concorrente da Amazon. A expansão havia sido anunciada anteriormente para o mês de junho. A previsão agora é para o final de 2013.

Expansão internacional. A companhia vende conteúdo digital diretamente no Reino Unido através dos dispositivos Nook e do site Nook.com.uk. A companhia planeja continuar a [leia mais]

SimplíssimoB&N irá expandir para 10 países e revisa estratégia

Essenciais – conteúdo de qualidade em eBook

Fernando Autores, Ebooks, Notícias 4 Comments

Com a ousadia de querer juntar o melhor do trabalho de editoração de eBooks com o melhor do conteúdo literário, nasceu a coleção Essenciais criada em parceria entre a Simplíssimo Livros e a Cailun, visando a publicação de autores consagrados, exclusivamente no formato digital.
Os dois primeiros livros da coleção são de dois poetas brasileiros contemporâneos de gerações diferentes, mas, cada um a seu estilo, grandes autores: Antonio Carlos Secchin e Ricardo Portugal.

EUS & OUTRAS
poemas escolhidos
Antonio Carlos Secchin
R$ 9,90
Coleção Essenciais
[leia mais]

SimplíssimoEssenciais – conteúdo de qualidade em eBook

Quais livrarias vendem mais ebooks?

Eduardo Melo (Simplíssimo) Ebooks, Mercado 3 Comments

A primeira pergunta que surge com nossa análise das vendas de ebooks no mês de abril: qual livraria vendeu mais ebooks? O resultado geral é surpreendente.

Em unidades, o Google foi responsável por 55% das vendas – sozinha, vendeu mais exemplares que a soma de Apple, Kobo e Saraiva. Em faturamento, porém, a situação é bem diferente. O Google até ficou na frente da Apple, mas por pouco (36% a 34%) – e isto que na Apple vendemos pouco mais de [leia mais]

SimplíssimoQuais livrarias vendem mais ebooks?

Exclusivo: um raio-X sobre dados reais de vendas de ebooks

Eduardo Melo (Simplíssimo) Ebooks, Mercado 1 Comment

Quando lemos textos sobre o tema “vendas de ebooks”, é difícil vermos números reais. Raramente alguma empresa (editora ou livraria) abre o jogo, então nos contentamos com palpites ou dados antigos. Se tivéssemos uma circulação de dados maior, mais frequente, o mercado do livro digital como um todo sairia beneficiado. Pensando nisso, vou abrir com vocês os únicos dados sobre os quais tenho segurança total para comentar: as vendas da minha empresa no mês de abril de 2013, em detalhes.

Logicamente, a Simplíssimo isoladamente não é representativa do conjunto do mercado. [leia mais]

SimplíssimoExclusivo: um raio-X sobre dados reais de vendas de ebooks

Alguns ebooks vendem mais que os outros

Eduardo Melo (Simplíssimo) Ebooks, Mercado 3 Comments

A Smashwords publicou ontem uma série de estatísticas sobre vendas de ebooks da sua plataforma de autores independentes, analisando as características dos ebooks que venderam mais (e dos que venderam menos), tendo como amostragem um volume de 100 mil obras. A análise de Mark Coker (fundador da Smashwords) é tranquilamente uma das mais completas e interessantes já tornadas públicas.

Segundo os dados apurados, os livros digitais que venderam mais, no período entre 1º de maio de 2012 até 31 de março de 2013, tinham uma média de 115 mil palavras, títulos [leia mais]

SimplíssimoAlguns ebooks vendem mais que os outros

Levantamento mostra que Apple lidera venda de ebooks no Brasil

Eduardo Melo (Simplíssimo) Ebooks, Mercado 3 Comments

A iBookstore, livraria digital da Apple, está na frente de seus concorrentes na venda de e-books no Brasil, diz o site americano Publishing Perspectives. Seis meses depois de ter iniciado suas operacões no país, a empresa americana é responsável por 28,5% das vendas digitais de títulos de sete das maiores editoras que atuam em território nacional.

O segundo colocado é a Amazon, que iniciou suas operações no Brasil na primeira semana de dezembro, com 22%. Logo atrás vêm Google (17,5%) e Saraiva (15%). Em último lugar, está a parceria entre Livraria Cultura e Kobo (11,8%). Os dados se referem às [leia mais]

SimplíssimoLevantamento mostra que Apple lidera venda de ebooks no Brasil

19,47 milhões de iPads vendidos no 1º trimestre de 2013

Eduardo Melo (Simplíssimo) Ebooks, Mercado, Notícias 0 Comments

A Apple apresentou nesta terça-feira (23) os resultados do primeiro trimestre deste ano. O destaque ficou por conta da venda de iPads: aumento de 65% em relação ao mesmo período do ano passado.

Ao todo, foram vendidas 19,47 milhões de unidades do tablet. Também houve aumento no número de iPhones vendidos (37,43 milhões, contra 35,06 milhões). Os números de computadores da Apple e de iPods, no entanto, apresentaram ligeira queda.

Simplíssimo19,47 milhões de iPads vendidos no 1º trimestre de 2013

Ebooks respondem por 17% da receita da Penguin em 2012

da Redação Mercado, Notícias 0 Comments

Quando um plano de negócios é bem feito, não tem erro: bons resultados virão. Essa mesma sentença vale para os eBooks. Na Cultura, por exemplo, 3% dos livros vendidos são digitais, número alcançado após a parceria com a Kobo. Já na Penguin, uma das maiores editoras do mundo, 17% da receita global é oriunda da venda de livros digitais, resultado expressivo contra os 12% de 2011.

Os dados foram divulgados pelo Grupo Pearson em um relatório com resultados financeiros preliminares de 2012. A receita [leia mais]

SimplíssimoEbooks respondem por 17% da receita da Penguin em 2012

Até Bento XVI prefere o iBooks

Eduardo Melo (Simplíssimo) Mercado 3 Comments

No domingo, Carlo Carrenho publicou um texto muito interessante, sobre o desconhecimento que paira sobre os apps de leitura de ebooks das grandes livrarias. O argumento principal é o seguinte:

Ler no iPad tem se tornado sinônimo de compra de e-books na iBookstore.

Com quase 14 milhões de smartphones ou tablets com sistemas iOS e Android [no Brasil], é realmente uma surpresa que as e-bookstores não promovam seus aplicativos para tais aparelhos.

De fato, é mesmo. Mas existe uma lógica. Com [leia mais]

SimplíssimoAté Bento XVI prefere o iBooks