Mercado editorial fecha semestre em queda: “talvez menos pessoas lendo”

Eduardo Ebooks, Mercado, Notícias Deixe um comentário

A edição mais recente do “Painel de Vendas de Livros no Brasil”, estudo mensal realizado pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel) e pela Nielsen BookScan, mostra que as vendas de livros caíram 16,3% em volume e 6,94% em faturamento, em comparação com o mesmo período de 2015. Considerando a inflação acumulada nos últimos 12 meses, a diminuição real na receita é de 15,61%. “A queda em volume foi o que me chamou mais a atenção”, afirma Marcos da Veiga Pereira, presidente do Snel e um dos fundadores da editora Sextante, “porque você fala de menos livros lidos, e talvez menos pessoas lendo.” Quanto ao preço médio de capa, houve aumento de 9,49% —abaixo da inflação acumulada entre julho de 2015 e junho de 2016, de 12,21%. Se no fim do primeiro semestre de 2015 um livro custava R$ 39,31, hoje ele sai por R$ 43,04.

SimplíssimoMercado editorial fecha semestre em queda: “talvez menos pessoas lendo”

Levantamento mostra que Apple lidera venda de ebooks no Brasil

Eduardo Melo - Simplíssimo Ebooks, Mercado 3 Comments

A iBookstore, livraria digital da Apple, está na frente de seus concorrentes na venda de e-books no Brasil, diz o site americano Publishing Perspectives. Seis meses depois de ter iniciado suas operacões no país, a empresa americana é responsável por 28,5% das vendas digitais de títulos de sete das maiores editoras que atuam em território nacional.

O segundo colocado é a Amazon, que iniciou suas operações no Brasil na primeira semana de dezembro, com 22%. Logo atrás vêm Google (17,5%) e Saraiva (15%). Em último lugar, está a parceria entre Livraria Cultura e Kobo (11,8%). Os dados se referem às [leia mais]

SimplíssimoLevantamento mostra que Apple lidera venda de ebooks no Brasil

19,47 milhões de iPads vendidos no 1º trimestre de 2013

Eduardo Melo - Simplíssimo Ebooks, Mercado, Notícias Deixe um comentário

A Apple apresentou nesta terça-feira (23) os resultados do primeiro trimestre deste ano. O destaque ficou por conta da venda de iPads: aumento de 65% em relação ao mesmo período do ano passado.

Ao todo, foram vendidas 19,47 milhões de unidades do tablet. Também houve aumento no número de iPhones vendidos (37,43 milhões, contra 35,06 milhões). Os números de computadores da Apple e de iPods, no entanto, apresentaram ligeira queda.

Simplíssimo19,47 milhões de iPads vendidos no 1º trimestre de 2013