Leitores do BRICS lêem mais ebooks que países europeus

Eduardo Melo Ebooks, Mercado, Notícias 4 Comments

Segundo dados preliminares de uma pesquisa realizada desde 2011, os países do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) tem mais leitores entusiastas do digital, que os países europeus. É o que mostra o levantamento realizado em países como China, Índia, Estados Unidos, Reino Unido, Espanha, Brasil, México, África do Sul, Egito e Austrália. O responsável é o sociólogo Gustavo Cardoso, do Instituto Universitário de Lisboa, em parceria com a Fundação Calouste Gulbenkian.

Os dados da pesquisa permitem perceber, por exemplo, que no Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul há mais leitores que já leram um livro em [leia mais]

SimplíssimoLeitores do BRICS lêem mais ebooks que países europeus

Ebooks no Brasil: faturamento de R$ 3.85 milhões em 2012

Eduardo Melo Ebooks, Mercado 2 Comments

Semana passada foi publicada a pesquisa anual da FIPE, encomendada pelo SNEL (Sindicato Nacional dos Editores de Livros) e CBL, trazendo dados sobre a evolução do mercado no período 2011-2012. Os principais jornais reproduziram a pesquisa, mas só o Carlo Carrenho esmiuçou a questão do resultado econômico dos digitais, em seu blog. Confira os principais pontos levantados pelo Carrenho:

A pesquisa aponta que foram vendidos 235.315 unidades de livros digitais, com faturamento de 3.85 milhões. Não há série histórica com dados de vendas dos livros digitais em anos anteriores (porque não se vendia quase nada em formato digital), então [leia mais]

SimplíssimoEbooks no Brasil: faturamento de R$ 3.85 milhões em 2012

Com menos compras do governo, mercado de livros encolhe

Eduardo Melo Ebooks, Mercado Deixe um comentário

>> Editoras continuam dependentes do governo para sobreviver

RIO – A diminuição da compra de livros pelo governo fez o mercado editorial brasileiro encolher em 2012, mostrando que as editoras do país ainda dependem das vendas governamentais para crescer. O preço do livro também subiu pela primeira vez em nove anos. É o que mostra a última edição da pesquisa “Produção e e vendas do setor editorial brasileiro”, divulgada na manhã desta terça-feira na sede do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL).

O faturamento com as vendas para o mercado cresceu pela primeira vez em cinco anos — 0,49%, [leia mais]

SimplíssimoCom menos compras do governo, mercado de livros encolhe

Levantamento da CBL mostra adesão das editoras aos ebooks

Eduardo Melo Ebooks, Notícias Deixe um comentário

O levantamento, realizado pela CBL no último Congresso do Livro Digital, em junho, teve a participação total de 126 pessoas.

Diante da questão “A sua editora já comercializa livros em formato digital”, 86 pesssoas (68%) responderam que sim. Para as 40 pessoas restantes (32%), alguma dificuldade impede a entrada da sua editora no mercado digital – 20 delas (50%) indicaram que as principais dificuldades residem na dúvida sobre qual formato utilizar e na falta de conhecimento técnico.

A pesquisa fez um total de 22 perguntas aos entrevistados, que responderam sobre temas como direitos autorais, perspectivas comerciais, relação entre impresso e [leia mais]

SimplíssimoLevantamento da CBL mostra adesão das editoras aos ebooks

Saraiva e Amazon contestam dados de pesquisa

da Redação Ebooks, Mercado, Notícias 3 Comments

Após a divulgação, ontem, da pesquisa sobre a quantidade de ebooks em português à venda no Brasil, duas das seis livrarias citadas contestaram os números apresentados.

A Livraria Saraiva enviou nota à redação do Revolução eBook, solicitando a retificação da pesquisa. Informa que o seu acervo atual teria, aproximadamente, 17 mil títulos nacionais. Também informa que, até 31 de março, seu catálogo nacional já superava 16 mil títulos.

A Amazon também enviou nota à redação, pedindo que os dados da pesquisa fossem atualizados. Informou ter mais de 19 mil ebooks em português, cerca de 2,5 mil gratuitos e mais de [leia mais]

SimplíssimoSaraiva e Amazon contestam dados de pesquisa

Leitores de eBooks preferem tablets a eReaders

Eber FreitasAtualizado em: Ebooks, Mercado Deixe um comentário

>>> Estudo do BISG mostra que a tendência é haver um declínio na venda de leitores digitais, enquanto a venda de tablets se mantém consistente

Conforme tendência que vem se desenhando desde 2010, os tablets estão se tornando os dispositivos de leitura preferidos entre os usuários, enquanto os eReaders perdem seu favoritismo. Segundo um estudo divulgado na última semana pelo Book Industry Study Group (BISG), 44% dos leitores entrevistados preferem utilizar iPad e seus congêneres, enquanto 42% usam aparelhos e-ink. É a primeira vez desde 2009 – quando teve início a série de estudos – que os tablets [leia mais]

SimplíssimoLeitores de eBooks preferem tablets a eReaders

Em um ano, market-share da Apple caiu de 81% para 52% no mercado de tablets

Eduardo Melo Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Segundo pesquisa da Pew Research, o share da Apple no mercado de tablets nos EUA caiu quase 30 pontos percentuais, por conta dos tablets Android mais baratos que o iPad.

Segundo a Pew Research, “atualmente, 22% dos adultos [americanos] possuem um tablet e outros 3% usam regularmente um tablet de propriedade de outra pessoa na própria casa. (…) O crescimento na adoção de tablets está provavelmente relacionado ao advento dos tablets mais baratos, no final de [leia mais]

SimplíssimoEm um ano, market-share da Apple caiu de 81% para 52% no mercado de tablets

Os resultados da nossa pesquisa informal – qual tema merece prioridade?

Eduardo Melo Ebooks, Notícias 1 Comment

Durante três dias, convidamos os leitores do Revolução eBook a opinar sobre quais temas merecem mais prioridade, quando o assunto é livro digital. Tivemos a participação de quase 200 pessoas, agradecemos a todos que colaboraram! Vamos orientar a abordagem do Revolução eBook para estes assuntos, nas próximas semanas.

As perguntas permitiam múltiplas respostas, de modo que a soma dos percentuais ultrapassa 100%:

Quais destes temas merecem prioridade?

67% – Mercado de eBooks; 43% – Experências / Cases; 34% – Pensamentos e visões acadêmicas; 32% – DRM; 26% – Pirataria;

Os temas específicos mais votados:

52% – O perfil dos leitores de [leia mais]

SimplíssimoOs resultados da nossa pesquisa informal – qual tema merece prioridade?

10 editoras vendem um terço dos eBooks em português; concentração prejudica consumidores (atualizada)

Eduardo Melo Notícias 2 Comments

Quando olhamos com atenção para os volumes publicados por cada editora brasileira, encontramos dois padrões distintos. De um lado, há um pequeno grupo de editoras que incorporou o eBook, definitivamente, aos seus negócios. De outro, um vasto contingente de editoras que só agora começaram a explorar o novo produto.

Quase 300 editoras brasileiras oferecem, juntas, cerca de 11 dos 16 mil eBooks em português disponíveis atualmente, ou 70% dos eBooks. Os 30% restantes são títulos de domínio público (15%) e os outros 15%, autores auto-publicados.

[leia mais]

Simplíssimo10 editoras vendem um terço dos eBooks em português; concentração prejudica consumidores (atualizada)

Amazon tem apenas 6 mil eBooks em português e segue atrás das livrarias brasileiras

Eduardo MeloAtualizado em: Notícias 2 Comments

Enquanto o número total de eBooks em português aumenta rapidamente, nenhuma livraria consegue concentrar sozinha esse crescimento. A Amazon que o diga. No início de 2012, ela estava atrás das livrarias brasileiras. Seis meses depois, segue na rabeira. E as livrarias brasileiras não perdem tempo, como veremos.

Desde 2011 negociando com as editoras brasileiras, o catálogo online da Amazon continua minúsculo, abaixo de 6 mil títulos. Considerando que algumas editoras já assinaram contratos para vender na futura Kindle Store brasileira, pode ser que a Amazon esteja aguardando o lançamento para disponibilizar eBooks das editoras parceiras. Outra especulação que faz sentido, [leia mais]

SimplíssimoAmazon tem apenas 6 mil eBooks em português e segue atrás das livrarias brasileiras

Em 6 meses, catálogo de eBooks em português salta de 11 para 16 mil títulos

Eduardo MeloAtualizado em: Notícias 2 Comments

See english version here.

Em fevereiro de 2012, publicamos no Revolução eBook os resultados da pesquisa realizada pela Simplíssimo, analisando a situação dos eBooks no Brasil até então – quantos estavam à venda, em quais livrarias, publicados por quais editoras, etc. Seis meses depois, a pesquisa foi refeita, para avaliar o ritmo da evolução do mercado digital no Brasil. Para isso, foram pesquisados metodicamente todos os eBooks publicamente oferecidos nos sites das 3 [leia mais]

SimplíssimoEm 6 meses, catálogo de eBooks em português salta de 11 para 16 mil títulos

Preço médio de ebooks americanos caiu entre 2010 e 2011

Nina Sarti Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Apesar da acusação do Departamento de Justiça americano de que cinco das maiores editoras do país teriam feito um complô junto à Apple para aumentar os preços dos ebooks, um novo relatório da Bowker mostrou que, na verdade, os livros digitais ficaram mais baratos de 2010 para 2011. O preço médio de um ebook de ficção em 2011 ficou em US$5.24, contra US$5.69 em 2010; na categoria de não-ficção, a queda foi ainda maior, de US$9.04 em 2010 para US$6.47 em 2011. No segmento infanto-juvenil, o preço médio caiu de US$4.88 para US$4.47 no mesmo período.

[leia mais]

SimplíssimoPreço médio de ebooks americanos caiu entre 2010 e 2011

Usuários leem eBooks durante intervalos comerciais

Eber Freitas Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Os norte-americanos têm um hábito peculiar em relação aos livros digitais: eles leem enquanto assistem programas televisivos, especialmente durante os intervalos comerciais. É o que sugere um estudo realizado pela consultoria Pew Research Center’s Internet, especializada em pesquisas sobre estilo de vida.

De acordo com o estudo, cerca de 40% dos usuários executam diversas atividades com seus smartphones durante os intervalos entre os programas – incluindo ler eBooks, notícias e outros tipos de conteúdos digitais. A pesquisa não foi específica em relação aos gêneros literários preferidos dos leitores nem levantou outras questões específicas sobre o tema.

Outra constatação interessante [leia mais]

SimplíssimoUsuários leem eBooks durante intervalos comerciais
Kindle

Popularidade crescente dos eBooks é fenômeno internacional

Daniel Pavani Ebooks Deixe um comentário

Pesquisas recentes mostram que os eBooks estão vendendo bem. E não é apenas bem, é muito bem. Nos Estados Unidos, por exemplo, eles já ultrapassaram as vendas de livros impressos. Globalmente, o mercado é fortemente aquecido e liderado por Índia, Austrália, Reino Unido e Estados Unidos – nesta ordem.

Uma pesquisa realizada pela Bowker no início do ano mostra um pouco melhor a quantas anda a evolução da popularidade dos eBooks no mundo. O gráfico abaixo mostra os resultados quanto ao “conhecimento” dos participantes com relação à existência dos livros digitais.

[leia mais]

SimplíssimoPopularidade crescente dos eBooks é fenômeno internacional
Paródia logotipo Amazon

Coisas que a Amazon não quer que você saiba

Daniel Pavani Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Sim, a Amazon ajudou muito no cenário atual dos eBooks, com o Kindle, Kindle Store e as vendas online. Mas ela não é um mar de rosas e tem coisas que prefere não revelar aos seus consumidores – ou pelo menos, não divulgar aos quatro ventos.

O SmartMoney.com fez um levantamento de práticas bastante empresariais, que desmitificam um pouco a Amazon. Estas práticas referem-se tanto à venda de produtos, quanto à de eBooks e à forma como a empresa lida com questões administrativas, como o gerenciamento de funcionários e privacidade dos dados dos usuários.

“Kindle Fire? Você ficará [leia mais]

SimplíssimoCoisas que a Amazon não quer que você saiba

Uso de Tablets alcança “Massa Crítica” (nos EUA)

Daniel Pavani Ebooks Deixe um comentário

Em 2010, a Apple apresentou o iPad ao mundo e, pouco mais de dois anos depois, o uso de tablets nos Estados Unidos alcançou uma “massa crítica”, segundo um novo relatório da comScore.

A pesquisa mostrou que entre os donos de smartphones, ano passado, apenas 9,7 % usavam também um tablet mas, até abril de 2012, este número já subiu para 23,6 %. O interessante, quando falamos de smartphones, é que eles parecem realmente ser um indicativo do uso de tablets, já que entre os donos de celulares “comuns”, apenas 10,4 % usam também um tablet.

Demograficamente, apesar [leia mais]

SimplíssimoUso de Tablets alcança “Massa Crítica” (nos EUA)
icon_futuro

Pricewaterhouse Cooper Faz Previsão Para Mercado de eBooks em 2016

da Redação Ebooks, Notícias 3 Comments

É difícil adivinhar, prever e muito menos ter certeza do que será do futuro dos eBooks. Mas a empresa Pricewaterhouse Cooper tem um palpite, e ele é baseado em uma série de pesquisas que dizem como será o mercado em 2016.

Em 2011, as vendas de eBooks foram responsáveis ​​por US$19 bilhões nos EUA e em 2016 esse número deve aumentar para US$21 bilhões, e deverão responder por metade dos gastos com literatura. Pouco, quase estável, para uma nova tecnologia. No mercado global, eBooks eTextbooks devem responder por um escalonamento de US$48 bilhões em vendas.

Outro dado interessante captado pelo [leia mais]

SimplíssimoPricewaterhouse Cooper Faz Previsão Para Mercado de eBooks em 2016

Investimento em Tecnologias da Publicação é Tendência Para os Próximos Anos

da Redação Notícias 1 Comment

O que era uma rotina apenas no ramo da tecnologia em geral, será agora também para a indústria editorial. O investimento em tecnologias da publicação já acontece em peso, e deve continuar pelos próximos anos.

O famoso R&D (Research and Development) é prática comum em empresas que trabalham intimamente com tecnologia, como empresas de jogos, sites, softwares, dispositivos eletrônicos e muitas outras categorias. É o R&D que faz com que as coisas caminhem, mantendo a indústria sempre em evolução, sempre com melhorias.

E agora que a indústria editorial também está mais ligada à tecnologia, é necessário que também trabalhem com [leia mais]

SimplíssimoInvestimento em Tecnologias da Publicação é Tendência Para os Próximos Anos
Garola lendo

Pesquisa Mostra Que Crianças Gostam de eBooks, Adolescentes Não

da Redação Ebooks, Notícias Deixe um comentário

Essas já são afirmações bem utilizadas no mercado editorial, mas agora a Bowker traz uma confirmação por meio de uma pesquisa apresentada recentemente. Foram entrevistadas 2 mil pessoas, mil compostas por pais de crianças de 1 a 12 anos e outras mil com pais de jovens de 13 a 17 anos, no período de outubro a novembro.

Para os pais de crianças, a loja física continua sendo essencial, pois 85% dos livros ainda são comprados por impulso, e o pedido de uma criança por um livro responde por 52% dos motivos de compra.

Os pais estão compartilhando seus aparelhos eletrônicos [leia mais]

SimplíssimoPesquisa Mostra Que Crianças Gostam de eBooks, Adolescentes Não